A Movistar Team realizou ontem uma conferência com os seus três principais líderes, Alejandro Valverde, Enric Mas e Marc Soler, para anunciar os seus planos para a retoma da época e a grande novidade foi o anúncio de que Valverde e Mas serão os líderes da equipa azul para o Tour de France e para a Vuelta a España e Soler para o Giro d’Italia.

Aos 40 anos, o campeão espanhol Alejandro Valverde voltará a alinhar no Tour e na Vuelta, dizendo-se focado principalmente em desfrutar dos últimos anos da carreira. Por outro lado, esta temporada praticamente abdicará da época de clássicas, na qual costuma brilhar, alegando falta de espaço no calendário.

Quanto aos Mundiais, nos quais deverá liderar a seleção espanhola em busca de uma segunda camisola arco-íris, o veterano comparou a sua proximidade ao Tour deste ano ao que acontece habitualmente com a Clasica San Sebastian, em que é um de apenas cinco ciclistas a ter ganho por mais que uma vez.

Alejandro Valverde aventurar-se-á pelas montanhas do Tour pela 13.ª vez
Fonte: José Baptista/Bola na Rede

Ao seu lado durante todas estas provas terá Enric Mas, segundo na Vuelta 2018 e reforço da Movistar para 2020, que não hesita em apontar este como um factor de motivação extra, dizendo mesmo que «Alejandro nunca falha». O maiorquino aproveitou para referir ainda que acredita que a mudança de datas no Tour para começar ainda em agosto poderá ser benéfica para si, já que lhe assenta bem o provável clima ainda mais quente que os ciclistas enfrentarão.

Anúncio Publicitário

Contudo, a grande surpresa foi a indicação de que Marc Soler será o chefe de fila no Giro, prova que a Movistar venceu em 2019 por intermédio de Richard Carapaz, enfrentando assim pela primeira vez uma prova de três semanas como líder único. O catalão e Eusebio Unzué, Diretor Geral do conjunto telefónico, admitiram que o ciclista se mostrou primeiro reticente, mas após uma tarde de reflexão, concluiu que «não é assim tão má ideia» e acabou por se mostrar bastante excitado com a oportunidade.

O rumor de que Froome poderia estar a caminho da Movistar também foi tema, havendo alguma recetividade com Valverde a garantir que o britânico «será bem recebido em qualquer lado», mas Enric Mas não deixou de avisar que «estamos bem aqui os três».

Foto de Capa: Movistar Team

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

Comentários