A CRÓNICA: ÁRKEA VOLTA A NÃO FALHAR

A Volta a Portugal continua em terrenos mais planos e a equipa da Árkea-Samsic continuou a assumir a corrida. A equipa francesa levou o sprinter presente com maior currículo, Dan McLay, a voltar a impor a sua autoridade ao sprint.

Após uma contagem de quarta categoria logo ao oitavo quilómetro, ganha por David Ribeiro, três ciclistas assumiram a dianteira da prova, Will Smit, Emanuel Duarte e Oier Lazkano. O trio circulou na frente durante a grande maioria da jornada, mas o pelotão nunca lhes demasiada margem e, com a aproximação ao final, o conjunto francês acelerou para os alcançarem.

Nos metros finais, o comboio vermelho voltou a chegar-se à frente e levou Dan McLay na pole position. O britânico voltou a não desapontar e bisou nesta edição da Volta a Portugal, com Minali e Liñarez novamente a completar o podium do dia.

Com a vitória, McLay passa também a liderar a camisola dos pontos, mas apenas por um mero ponto face a Luís Gomes. Esta será uma classificação que terá certamente uma grande batalha na etapa de domingo, com três metas volantes e a subida à Arrábida perto do fim que poderá servir para deixar McLay de fora da luta pela etapa e permitir a Gomes tentar também ele bisar.

Anúncio Publicitário

Para a Geral, que não sofreu alterações nesta etapa, poderá também ser uma etapa interessante, com a última subida desta Volta a permitir ataques para quem quiser ir mais confortável para o contrarrelógio final.

Foto de Capa: Federação Portuguesa de Ciclismo