Na estreia de ambas as equipas nesta edição dos Campeonatos Universitários de Lisboa, AEFCT e AEISCAL não proporcionaram um grande espetáculo de futebol. Percebeu-se, desde muito cedo, que as duas equipas estavam muito focadas na conquista dos três pontos e, por isso, salvaguardaram muito as suas estratégias defensivas.

Foi mesmo a equipa da AEISCAL que começou melhor. Ainda não estavam decorridos dez minutos da partida, e numa jogada de ataque rápida os homens da Avenida Miguel Bombarda abriram as hostilidades no marcador. Ainda no primeiro tempo, foi a vez Rafael Pinho, guarda-redes da AEISCAL, brilhar: adivinhou o lado e defendeu um penalti.

A festa dos jogadores da AEISCAL
Fonte: Inês Catarino/ADESL

Porém, a AEFCT chegou mesmo ao empate. Depois disso, o jogo tornou-se muito desequilibrado e foi graças mesmo de bola parada que a AEISCAL chegou à vantagem no marcador. Até ao final da partida, o marcador não mexeu mais e os homens do ISCAL conquistaram mesmo a vitória.

Flash Interview:

Anúncio Publicitário

Foto de Capa: Inês Catarino/ADESL