logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Vince McMahon: Atualização do escândalo que está a abalar a WWE

modalidades cabeçalho

A 15 de junho, o Wall Street Journal divulgou que Vince McMahon combinara pagar 3 milhões de dólares a uma ex-conselheira legal da WWE com a qual tivera uma relação amorosa, para que a mesma não viesse a público.

Desde então, novas informações e acontecimentos vieram pintar ainda mais esta história que já retirou Vince McMahon do cargo de presidente da sua empresa.

Este artigo revela as mais recentes implicações do caso.

I – A RELAÇÃO

A relação entre a ex-funcionária e McMahon, foi (ao que tudo indica) consensual. A senhora entrara na empresa em 2019 e teve uma promoção em abril de 2021 (na mesma altura em que a empresa despediu vários lutadores). Essa promoção veio com um aumento salarial.

Aquando da saída da senhora da WWE, foi assinado um acordo de confidencialidade de três milhões de dólares – um milhão pago no imediato e o resto ao longo de cinco anos – e que a impede de falar da relação que teve com McMahon publicamente.

No que toca a Linda McMahon, a esposa de Vince, Dave Meltzer, do Wrestling Observer, afirmou que o casal já não vive junto há algum tempo.

Jerry McDevitt, advogado de McMahon há vários anos, assegurou que o dinheiro envolvido no acordo provém da conta pessoal de Vince e não da WWE. Mas o aumento salarial que a ex-funcionária recebeu era pago, como é óbvio, pela empresa.

A possibilidade de dinheiro da WWE ter sido usado para manter “calada” a ex-funcionária é uma das razões pelas quais Vince McMahon já não é o presidente da WWE.

II – MUDANÇAS ESTRUTURAIS

McMahon não é o único envolvido neste caso – a direção da WWE iniciou uma investigação, em parceria com a firma de advogados Simpson Thatcher & Bartlett LLP e descobriu outros acordos de confidencialidade semelhantes a este e que também envolvem John Laurinaitis, o antigo chefe das relações entre talentos, que também já abandonou o seu cargo.

Laurinaitis foi substituído por Bruce Prichard, habitual booker da WWE. Esta mudança, segundo o jornalista Sean Ross Sapp, do Fightful, não foi bem vista por muitos lutadores, mas estes também terão celebrado o afastamento de Laurinaitis do cargo.

Vince, como referi, deixou o posto de presidente da empresa, mas esse continua em família – Stephanie McMahon é a nova presidente da WWE.

Esta mudança deu que falar – Stephanie abandonara a WWE em maio, alegando “razões pessoais”, mas foi depois alvo de várias críticas duras de trabalhadores e investidores da empresa, essencialmente afirmando que esta não fazia um bom trabalho como “Chief Brand Officer” (relacionado com publicidade e patrocínios).

Bruce Prichard e Stephanie McMahon, até ao momento, ocupam estes cargos de forma interina.

III – INFLUÊNCIA DE VINCE MCMAHON

Dias depois deste escândalo “rebentar”, Mr. McMahon fez uma aparição no Smackdown e outra no Raw. Nunca mencionou este caso, fazendo apenas promos curtas e de promoção aos respectivos programas. Pelo meio, ficou também viral devido a uma fotografia.

McMahon continua a exercer na plenitude as suas funções como booker de todos os eventos e storylines que ocorrem na WWE – prova disso, é o já anunciado main-event para o Summerslam: Roman Reigns vs … Brock Lesnar.

Em relação ao futuro deveras incerto, Dave Meltzer, do Wrestling Observer, especula que John Laurinaitis não volte a exercer funções na WWE, pelo menos, num horizonte próximo.

Em relação a Vince McMahon, o jornalista afirma que é difícil dizer o que lhe irá acontecer, mas importa recordar que, apesar de possuir menos de 50% das acções da WWE, este ainda possui a maioria das acções no que toca a decisões que concernem a empresa.

Uma coisa é certa, ainda não chegámos ao final desta história.

Foto de Capa: WWE

Desde pequeno que o desporto faz parte da sua vida. Adora as táticas envolvidas no futebol europeu e americano e também é apaixonado por wrestling.

Desde pequeno que o desporto faz parte da sua vida. Adora as táticas envolvidas no futebol europeu e americano e também é apaixonado por wrestling.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA