cab desportos motorizadosDuas provas, duas vitórias para Ogier e Meeke a parecer que será a maior dor de cabeça para o francês, isto apesar de Ogier ter 56 pontos e Meeke 1, algo que pode parecer muito confuso para quem não acompanhou as provas de Monte Carlo e Suécia.

Sebastien Ogier, como já era de esperar, dominou Monte Carlo, e se na Suécia se podia pensar que desse hipóteses aos nórdicos ficou provado que continuaria a ser superior, tendo o francês o máximo de pontos possíveis. Ogier não tem mesmo adversário à sua altura, fazendo a mesma ligação homem-máquina que Loeb fazia.

No segundo lugar do campeonato está outro homem da marca alemã. Andreas Mikkelsen teve um segundo e um quarto lugar e com 33 pontos e é o homem mais perto do líder do WRC. O norueguês, que ficou em terceiro no ano passado, está a começar bem o ano, mas terá muitas dificuldades em conseguir alguma vitória este ano, pelo menos se estiver em luta direta com Ogier.

Mas, indo buscar Kris Meeke, o britânico da Citroën foi o único a dar luta a Ogier em Monte Carlo, e na Suécia chegou a ser segundo na prova. Mas duas pedras – uma em cada prova – fizeram-no desistir e atrasar-se muito, daí apenas um ponto na classificação, isto quando é o único piloto que já esteve na frente de um rali este ano – se tirarmos Ogier, claro. Convém recordar que a marca francesa não vai fazer todo o WRC, pelo que no México Meeke não estará presente. Na mesma onda temos Latvala, que ainda não tem pontos esta temporada em mais um arranque difícil do finlandês. O n.º2 da Volkswagen não tem tido um início fácil, com vários toques. O México está quase aí; vamos ver se finalmente pontua.

Ostberg será que devolve as vitórias à Ford? Fonte: Mads Ostberg
Ostberg será que devolve as vitórias à Ford?
Fonte: Mads Ostberg

Mads Ostberg, que voltou à M-Sport este ano, tem tido um bom início de temporada com um quarto e um terceiro lugar. Numa equipa que muito tem dado aos ralis mas que tem tido poucos resultados vamos ver se consegue ter o melhor não-Volkswagen; para já estão bem encaminhados pelo norueguês. Já Camilli parece que vai dar muitas dores de cabeça a Malcolm Wilson. O que não vai dar dores de cabeça é o R5 EVO; parece que a Skoda vai ter boa concorrência desta vez.

Anúncio Publicitário

Quanto ao novo i20, tem sido um carro competitivo e melhor que o anterior i20. Paddon tem sido uma verdadeira surpresa para mim: não que não soubesse da sua qualidade, mas porque não pensava que conseguisse ser o melhor Hyundai. Dani Sordo tem os mesmos 18 pontos que Paddon e Neuville vai com 15, estando a marca coreana a apenas cinco pontos da Volkswagen.

No México (4 a 6 de março) a luta vai ser novamente pelo segundo lugar. Em condições normais será para Latvala, mas Paddon, Mikkelsen e Ostberg vão tentar lutar por este lugar. Vamos é ver se Latvala não sai de estrada ou dá algum toque que comprometa mais uma prova.

Imagem de capa: Sebastien Ogier