Anterior1 de 2Próximo

Jean-Éric Vergne tornou-se no primeiro piloto a vencer duas vezes o campeonato de Fórmula E, e também o primeiro a fazê-lo em épocas consecutivas. O francês só venceu a sua primeira corrida na temporada de 2018/2019 à sexta ronda, no E-Prix de Sanya, na China, casa da sua equipa DS Techeetah. Mais duas vitórias, e uma consistente atuação deram-lhe o campeonato na última corrida em Nova Iorque.

A equipa chinesa ganhou pela primeira vez o campeonato de construtores da Fórmula E.
Fonte: Twitter – DS Techeetah

Nas docas de Brooklyn, os pilotos da Fórmula E alinharam para a última ronda do campeonato. Alexander Sims (BMW I Andretti Motorsport) saia da pole position. Quando as luzes apagaram, o britânico manteve-se na liderança, seguido de Sebastien Buemi (Nissan e.DAMS) e de Robin Frinjs (Envision Virgin Racing).

Mais uma vez, tal como na primeira corrida, os carros da Geox Dragon geraram confusão. António Félix da Costa (BMW I Andretti Motorsport) estava em 14º e com este incidente caiu para 16º. O piloto português não teve uma corrida como a de ontem. Félix da Costa esteve apagado para a última corrida do ano, terminando na nona posição

António Félix da Costa termina em 6º no campeonato, com 99 pontos.
Fonte: Twitter – BMW Motorsport

Mas, o campeonato é o que interessa. Quando o carro de José Maria Lopez (Geox Dragon) parou na pista, o safety-car foi chamado a intervir. Nesta altura, Lucas Di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler) era 10º, enquanto que Vergne era 11º. Não era o suficiente, Grassi precisava de vencer.

O brasileiro foi sempre subindo posições, enquanto Vergne fazia o mesmo, mais muito mais cautelosamente, até que, na última volta, Di Grassi envolve-se com Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) e acaba no muro, confirmando assim o bi-campeonato de Vergne e também o campeonato de construtores para os chineses da DS Techeetah, que o conquistam pela primeira vez, apesar do abandono do colega de Vergne, Andre Lotterer.

Lucas Di Grassi tentou até ao fim vencer o campeonato.
Fonte: Facebook – Audi Sport
Anterior1 de 2Próximo

Comentários