Anterior2 de 2Próximo

PILOTO DO DIA

Não foi preciso asas para Verstappen voar
Fonte: Red Bull Racing

Max Verstappen – Que forma fantástica de dar à Honda a primeira vitória na Formula 1 desde 2006, quando Jenson Button venceu na Hungria. Verstappen não era hipótese de vencer este “prémio”, após aquele erro no inicio da corrida, estava a ponderar Vettel ou o Carlos Sainz (mais uma vez), contudo, cometeu o erro, e onde muitos desanimavam, agarrou no Red Bull, e nem precisou de asas, ultrapassou todos os adversários que tinha de ultrapassar, e numa batalha titânica com Leclerc pela liderança, levou a melhor sobre o piloto da Ferrari.

A forma como ultrapassou, talvez não tenha sido a mais limpa, houve um pequeno contacto que empurrou Leclerc para fora da pista, mas caramba, parem com as penalizações à toa, tal como defendi que Vettel não devia ser penalizado, Max também não devia ser. Deixem os homens correr, Fórmula 1 não é um passeio muito rápido de carros, é a mais alta expressão do desporto motorizado, e como tal, tem de ser competitiva, e se não colocar ninguém em perigo com movimentos lunáticos (Max à antiga), deixem os homens correr…

 

Foto de Capa: Formula 1
Anterior2 de 2Próximo

Comentários