1.

GP da Austrália (2017) – À chegada para este grande prémio, Marc Márquez liderava o mundial de motociclismo com apenas 11 pontos de vantagem sobre Andrea Dovizioso. Em 2017, o circuito de Philip Island recebeu uma das melhores provas da época, já que ao longo das 27 voltas, tivemos vários pilotos a liderar a corrida, ultrapassagens e reviravoltas de nos tirar o fôlego. De levar ao delírio até o adepto mais pacato.

Miller, Zarco, Viñales, Rossi (ainda estava vivo, aqui) e Márquez foram os protagonistas deste grande prémio onde o vencedor acabou por ser o inevitável piloto espanhol Marc Márquez, que deixou os rivais andarem a “brincar” às ultrapassagens e reviravoltas, para depois a oito voltas do final conseguir roubar a liderança e fugir rumo a mais uma vitória.

Neste GP, destaco a vivacidade e capacidade de Valentino Rossi de conseguir lutar diretamente com os seus rivais. Se querem matar saudades da garra, mestria e genialidade de Rossi, este é um dos grandes prémios obrigatórios para rever.