Anterior1 de 5Próximo

Esta edição do Clash of Champions nem foi má, mas também não foi nada de especial. Assim como a maioria dos eventos da WWE hoje em dia.

Na minha opinião, os melhores combates foram o de Kofi Kingston e Randy Orton e entre Rowan e Roman Reigns (apesar do final).

De resto, houve algumas surpresas, mas também combates que ficaram muito aquém das expectativas.

Nota do evento: 7/10

Robert Roode e Dolph Ziggler vencem Raw Tag team Championships

O primeiro combate da noite demorou pouco tempo e teve a falta de entendimento previsível entre Strowman e Rollins. De resto, foi tão surpreendente ver Rollins ser derrotado tão facilmente como foi ver uma equipa que nem existia há um mês ser coroada Raw Tag Team Champion.

Nota do combate: 6,5/10

Bailey e Charlotte protagonizam combate fraco

Antes deste combate começar pensei não haver nenhuma razão para o ser mau. Mas foi. Charlotte Flair teve domínio total durante o combate e Bailey não conseguia ripostar. Só o fez quando removeu uma das proteções do canto, expondo o metal, e atirando a cabeça de Charlotte contra o mesmo. Ora isso foi suficiente para derrotar a “Queen”.

É claro que este combate terminou desta forma para dar continuidade à rivalidade, mas não deixou de ser um desperdício de talento.

Nota do combate: 2/10

Anterior1 de 5Próximo

Comentários