Na madrugada de 27 de Dezembro, o mundo do wrestling tremeu com a notícia do falecimento de Jon Huber, conhecido na WWE por Luke Harper e que atualmente combatia na AEW sob o nome de Brodie Lee. Com uns meros 41 anos de idade, Huber pereceu devido a um problema pulmonar não relacionado com a COVID-19.

A notícia foi dada pela sua esposa, Amanda, na rede social Instagram. Os dois eram pais de dois filhos, Brodie e Nolan. As reações não se fizeram demorar, desde inúmeros lutadores às próprias empresas em que Huber trabalhou, como a WWE, AEW e Ring of Honor.

Huber deu-se a conhecer ao mundo na WWE, sob o nome de Luke Harper. A sua carreira na empresa estaria sempre ligada a Bray Wyatt, Erick Rowan e à Wyatt Family.

Em 2014 venceu o maior título da sua carreira quando, no Raw de 17 de Novembro, conquistou o Intercontinetal Championship. Outro destaque é a sua vitória na Wrestlemania 34 onde, ao lado de Erick Rowan, conquistou os SmackDown Tag Team Championships.

Anúncio Publicitário

Harper também era conhecido pela sua agilidade e atributos como wrestler. Protagonizou excelentes combates, ao lado de Erick Rowan, contra os Usos e os New Day, e também sozinho, contra Dolph Ziggler (do qual destaco o Ladder Macth no TLC 2014).

Após sair da WWE em 2019, estreou-se na AEW como Brodie Lee, líder do grupo Dark Order. Seguiram-se sucessivas vitórias e um combate pelo AEW World Championhsip, que acabou por perder para Jon Moxley.

 

No AEW Dynamite de 22 de Agosto, Lee derrotou Cody pelo TNT Championship. O seu reinado terminou no dia 7 de Outubro às mãos de Cody, que o derrotou num Dog Collar Match. Este seria o último combate da carreira de Brodie Lee.

Segundo o site Wrestling Observer, numas recentes gravações da AEW (que ainda não foram exibidas), o filho de Jon Huber, Brodie, roubou o título da AEW ao campeão Kenny Omega.  Ainda assim, Huber não voltou a aparecer na televisão até ao seu eventual falecimento.

Huber era conhecido por ser um homem de família, que a amava acima de tudo. Tal é percetível pelo facto do seu último personagem no wrestling ter tido o mesmo nome do seu filho – Brodie. Nunca se ouviu controvérsias que envolvessem o seu nome e todos que eram seus amigos orgulhavam-se de o serem.

De todas as reações que se fizeram ouvir, destaco a de Bray Wyatt, que disse que Huber era o seu melhor amigo, parceiro e irmão, terminado a homenagem com a seguinte frase: “save me a seat next to you wherever you are, that’s where I belong”.

Como fã de wrestling, tive a sorte de ver Luke Harper actuar ao vivo num house-show do SmackDown em Novembro de 2017, no Campo Pequeno. Participou num combate Tag Team, ao lado de Erick Rowan e um dos adversários era Fandango.

A certo ponto, Fandango estava no chão e Harper subiu à segunda corda para aplicar um elbow-drop, mas Fandango rebolou até ao canto mais afastado. Então Harper dirigiu-se a esse canto, subiu à segunda corda e quando ia aplicar a manobra, Fandango voltou a rebolar. Repetiram isto umas cinco vezes e o público adorou. Pode não parecer nada de especial, mas foi um momento memorável e uma das principais recordações que tenho desse evento.

Obrigado, Jon Huber, pelos grandes combates, pelas memórias e pela pessoa incrível que todos diziam seres. Serás para sempre recordado e celebrado.

Foto de capa: WWE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome