Anterior1 de 3

O Elimination Chamber foi uma paragem abrupta no caminho para a Wrestlemania.

Tivemos dois novos (surpreendentes) campeões e uma série de combates que não deslumbraram, mas que também não foram horríveis.

Vejamos então os eventos marcantes do Elimination Chamber 2021.

Nota do evento: 7/10

Anúncio Publicitário

DANIEL BRYAN SUPLANTA ADVERSÁRIOS …

O evento abriu com a Smackdown Elimination Chamber, cujo vencedor enfrentaria Roman Reigns pelo título deste na mesma noite.

Após King Corbin ser eliminado por Cesaro, Kevin Owens entrou em combate e dominou tudo e todos; aplicou um moonsault do topo de uma pod e eliminou Sami Zayn com um Stunner.

Seria, no entanto, eliminado pouco depois por Jey Uso, após este castigar severamente o seu braço e aplicar o splash.

O primo de Reigns, usando a mesma manobra, eliminou Cesaro mas não fez o mesmo a Daniel Bryan, que depois de aplicar o Running Knee, venceu o combate.

Nota do combate: 7,5/10

… MAS NÃO LHE É DADA HIPÓTESE CONTRA ROMAN REIGNS

O que Bryan provavelmente não sabia era que a oportunidade que conquistara tinha efeitos imediatos.

Roman Reigns não demorou a aparecer, mas ainda foi surpreendido pelo Yes Lock de Bryan. No entanto, a força do Campeão Universal veio ao de cima e, após aplicar uma guillotine, manteve o seu título.

Nota do combate: 5/10

Só que a celebração duraria pouco, uma vez que Edge aplicou um Spear em Reigns e oficializou o combate contra este pelo Título Universal na Wrestlemania!

Anterior1 de 3

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome