Terminado mais um torneio (ESL Pro League S14) ao mais alto nível, os NAVI levaram a melhor sobre a organização francesa de Mathieu “ZywOo” Herbaut e companhia, os Vitality.

A melhor equipa do mundo, de acordo com o ranking prestigiado do site HLTV.org, venceu numa série à melhor de cinco mapas, Dust II, Inferno, Nuke, Overpass e Mirage. A série, acirrada, terminou com a equipa da região CIS a vencer por 3-2.

Mais equilíbrio só no mapa Mirage no qual o combate ficou 16-14. Este mapa decidiu quem levava o primeiro prémio do torneio, um valor de 195 mil dólares.

Todavia, os NAVI estavam muito próximos de também conquistarem o Intel Grand Slam S3, um prémio de um milhão de dólares que remunera a equipa a conquistar quatro torneios de topo em dez consecutivos.

Anúncio Publicitário

Em casos específicos, teria de vencer seis torneios, mas não foi este o caso. Os NAVI, vencendo a competição da ESL, venceriam o Intel Grand Slam e, consequentemente, o milhão de dólares junto.

Quanto aos Vitality, tinham outra motivação. Caso impedissem a conquista dos NAVI, além do primeiro prémio do torneio, ainda ganhariam um prémio da Intel no valor de 100 mil dólares.

Casos hipotéticos à parte, a equipa Natus Vincere venceu, encontrando os maiores obstáculos nas meias-finais e na final.

O melhor jogador do torneio ESL foi, sem qualquer dúvida, o melhor jogador do mundo e, um dos melhores, da história.

O seu nome é Oleksandr “s1mple” Kostyliev, quem mais poderia ser? Foi o MVP pela terceira vez consecutiva, após ter sido o jogador mais valioso no StarLadder CIS RMR e no IEM Cologne em 2021.

O ucraniano liderou várias categorias de estatísticas no torneio.

Foi líder nas kills por ronda (0.88), teve a maior percentagem de KAST (% de rondas nas quais o jogador matou um adversário, assistiu o colega ou deu trade ao mesmo) de 77.8%, foi o jogador com mais kills a abrir a ronda, um total de 94.

Esteve ainda no top 5 de jogadores com maior diferença no K/D (matou mais 135 adversários do que foi morto), no quesito de dano dado por ronda (87.3), etc…

Num total de 20 mapas, apenas ficou negativo (em K/D) em 3 mapas.

Esteve no topo em muitas categorias, tendo sido, desta forma, o jogador mais completo e consistente do torneio, além de ter aparecido quando a equipa mais precisou, principalmente nas meias-finais contra os Heroic, além de nos ter proporcionado uma série de jogadas de grande nível.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome