Quando olhamos para uma quadra e vemos alguém com a camisola número dez nas costas, é impossível não pensar que é um talento nato. Associamos a alguém que tem uma habilidade acima da média, um remate preciso e forte e que, a qualquer momento, pode decidir uma partida com um rasgo de génio. 

Felizmente, podemos afirmar que, em Portugal, existe o chamado “dez” e, neste caso específico, falamos de Sara Ferreira. A jogadora de 26 anos enverga a camisola dez tanto no clube que representa, o SL Benfica, como na Seleção Portuguesa. Porém, não é por acaso que isto acontece. É evidente que qualidade não falta a esta jogadora e os números da ala portuguesa têm demonstrado que está num nível muito alto, sendo mesmo uma das melhores jogadoras do campeonato.

Nas últimas três épocas, a atleta ao serviço do SL Benfica tem sido peça fundamental para desbloquear os jogos frente às formações teoricamente mais difíceis e, sobretudo, na conquista de vários títulos para o clube da Luz. Quanto aos troféus coletivos, conquistou oito pelos “encarnados”: dois campeonatos nacionais, três Taças de Portugal e três super-taças. Já a nível individual, a ala tem regularmente alcançado a marca dos 30 golos por época (30 – 2015/16; 32 – 2016/17 e 36 golos – 2017/18) e ainda assistiu as suas colegas de equipa em dez ocasiões.

Sara Ferreira foi uma das figuras na qualificação da Seleção Portuguesa para o Europeu Feminino
Fonte: FPF

Ao serviço da Seleção das Quinas, esta época tem mostrado também o seu valor. Na fase de qualificação para o europeu feminino de futsal, que Portugal passou em primeiro, Sara Ferreira marcou quatro golos nos três jogos que realizou. Um dos golos que marcou certamente não irá esquecer. Num jogo contra a República Checa, a ala finalizou a jogada, que tinha começado com um remate de letra. 

Com uma vaga garantida para o Europeu, ainda se sonhou que seria possível ganhá-lo, porém, não correu da melhor maneira. Ainda assim, a jogadora mostrou aquilo que vale em campo tal como todas as jogadoras da Seleção.

Enquanto sénior, a ala portuguesa de 26 anos já venceu onze títulos nacionais com o SL Benfica e é uma jogadora fundamental na equipa
Fonte: SL Benfica

Esta temporada, ao serviço das “águias”, realizou 20 jogos e marcou 20 golos. Números individuais impressionantes que continuam a ajudar aquilo que será mais importante para si: ajudar o SL Benfica a conquistar mais títulos. E esses podem ser uma grande realidade, visto que os “encarnados” estão na luta pelo tricampeonato e nas meias-finais da Taça de Portugal. Portanto, ainda há a possibilidade de juntar estes dois títulos à Supertaça, que já foi conquistada no início da época.

A condução de bola que a jogadora tem juntamente com o drible eficaz e as decisões rápidas deixam as adversárias com poucas possibilidades de conseguir desarmá-la. Tanto tem uma grande capacidade de posicionamento defensivo, como está nas posições mais privilegiadas para conseguir terminar as jogadas em golo. É, sem dúvida, uma jogadora para continuar a seguir com muita atenção, pois continuará seguramente a brilhar e a fazer história nas quadras portuguesas.

Texto revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: FPF

Comentários