Cabeçalho modalidadesO Campeonato do Mundo já acabou e agora é hora de “mudar o chip” e voltar às competições nacionais, com a realização da primeira jornada do principal escalão do futsal português e também com a realização da Supertaça, com mais um dos sempre escaldantes encontros entre o Sport Lisboa e Benfica e o Sporting Clube de Portugal, que obviamente não jogam o seu compromisso neste fim-de-semana.

Apesar disso, há uma série de bons jogos em perspetiva entre os cinco que restam. Para abrir o apetite da época que se avizinha, nada melhor que começar com um derby lisboeta, discutido entre a Quinta dos Lombos e os Vinhais, ao mesmo tempo que na capital portuguesa se disputa um encontro entre dois históricos do desporto nacional, o Clube de Futebol “Os Belenenses” e a Associação Desportiva do Fundão. No dia seguinte discutem-se mais três jogos, alguns deles bastante interessantes, com especial enfoque para o duelo entre a Burinhosa, agora órfã do seu treinador Kitó Ferreira, que foi sem sombra de dúvidas a equipa revelação da temporada anterior, conseguindo chegar às meias-finais do play-off de apuramento de campeão, e uma equipa que mostrou uma enorme qualidade no segundo escalão e conseguiu chegar com todo o mérito à Liga Sport Zone, o Unidos Pinheirense.

Teremos um campeão do mundo a jogar em Portugal, Fernando Wilhelm em representação do Benfica Fonte: SL Benfica
Teremos um campeão do mundo a jogar em Portugal, Fernando Wilhelm em representação do Benfica
Fonte: SL Benfica

De resto, ainda há tempo para falar no encontro entre o Centro Social de São João e os Leões de Porto Salvo, a disputar na cidade de Coimbra, e finalmente na partida entre o Rio Ave e o Modicus, que partem de patamares e com objetivos diferentes mas que prometem um bom espetáculo e um jogo equilibrado. Nota de destaque também para o SL Benfica, que a meio da semana acerta calendário com o Futsal Azeméis, campeão da Zona Norte da II Divisão, e também para o jogo grande da jornada, entre Sporting CP e SC Braga, que somente se joga em meados de Dezembro na capital do Minho.

Vou aproveitar para falar um pouco sobre o jogo grande do fim-de-semana, discutido em Loulé, a contar para a Supertaça. Obviamente que é um jogo de “tripla”, onde tudo pode acontecer, mas mais importante que saber quem ganha é tão ou porventura mais importante que ambas as equipas se demonstrem já em boa forma para poder atacar com toda a força os troféus que se avizinham nesta temporada.