cab futsalNo passado fim-de-semana, o Sporting venceu a equipa do Póvoa Futsal por 2-4, num jogo extremamente difícil para os leões. O Sporting começou pessimamente mal o jogo, sofrendo um golo logo nos primeiros dois minutos do encontro. Com este golo, a equipa da Póvoa de Varzim jogou a restante primeira parte de forma mais defensiva, de modo a tentar manter este resultado positivo o maior tempo possível. O bicampeão nacional fez uma primeira parte muito aquém das expetativas: jogou de forma lenta, causou poucas oportunidades de golo, falhou muitos passes, faltou alguma concentração, falhou no um para um, tendo faltado também muita garra.

Sporting alcança uma suada vitória no terreno do Póvoa Futsal Fonte: Sporting Clube de Portugal
Sporting alcança uma suada vitória no terreno do Póvoa Futsal
Fonte: Sporting Clube de Portugal

No segundo tempo, a equipa leonina entrou em campo de forma muitíssimo diferente, diferença essa visível no golo de Fábio Lima logo aos 26 segundos. Através deste golo e consequente empate na partida, o Sporting melhorou, mas num lance infeliz do guardião leonino, André Sousa, a equipa da casa voltou a adiantar-se no marcador por intermédio de Márcio Moreira. Faltavam cerca de 10 minutos para o final do jogo e, caso os rapazes de verde e branco quisessem conquistar os tão importantes três pontos, teriam de arriscar tudo. Nuno Dias arriscou, apostando no 5 para 4 com Alex a desempenhar a habitual tarefa de guarda-redes avançado.

O Sporting castigou e controlou o adversário até chegar ao seu principal objectivo – a vitória. Diogo empatou o encontro aos 35 minutos, Pedro Carry colocou os leões na frente pela primeira vez no encontro, e Paulinho dilatou a vantagem para 2-4 a apenas um minuto do final. O último classificado da Liga Sport Zone não teve a capacidade de alterar o poderio do visitante, contudo fica na retina a boa exibição efetuada, fazendo com que uma das melhores equipas da prova tivesse muitas dificuldades em vencer. Mérito para o Póvoa Futsal e muito demérito para o Sporting.

O Benfica venceu o Belenenses por 5-2 no Pavilhão da Luz, num jogo que dominou de forma clara. As equipas foram para o intervalo com o Benfica a vencer por 2-0, golos do ala Bruno Pinto e do pivot Alessandro Patias. Este resultado espelhava uma exibição tranquila e consistente dos encarnados, que aproveitaram as inúmeras oportunidades de que dispuseram para se adiantarem no marcador.

O intervalo, ou não fez bem à equipa de Joel Rocha, ou fez demasiado bem aos azuis, que entraram determinados em reentrar no jogo empatando o encontro aos 29 minutos por intermédio de Tiago e Pauleta. Estes dois golos demonstram um adormecimento da equipa da casa, perda de concentração e um elevado decréscimo na intensidade apresentada. O antigo goleador dos Leões de Porto Salvo, Ré, bisou e sentenciou o encontro, aumentando a vantagem para 4-2. Aos 36 minutos, Jefferson dilatou o resultado em 5-2, resultado esse que não se alteraria até ao final do tempo regulamentar.

Anúncio Publicitário
Ré, ala veloz e com uma imensa veia goleadora, ao bisar foi preponderante para a vitória encarnada diante do Belenenses por 5-2 Fonte: Sport Lisboa e Benfica
Ré foi preponderante na vitória encarnada diante do Belenenses por 5-2
Fonte: Sport Lisboa e Benfica

Com esta vitória, os encarnados alcançam 62 pontos, mantendo a vantagem de sete para o rival Sporting. Faltando apenas quatro jornadas para o final da Fase Regular, muito dificilmente o Benfica não a conquistará, bastando apenas manter a regularidade até ao momento apresentada. Para o Benfica não terminar a provar na dianteira seria necessário acontecer algo que até agora ainda não se sucedeu: perder um jogo. Joel Queiroz está a fazer uma excelente temporada, tendo até ao momento conquistado a vitória em 20 dos 22 jogos e empatado nos restantes encontros.

O Braga venceu no terreno do Modicus por 2-3, num jogo extremamente intenso e complicado, mantendo assim acesa a luta pelo segundo lugar da Fase Regular. A primeira parte foi frenética, visto que quatro dos cinco golos ocorreram neste período. A equipa da casa entrou de forma muito agressiva no encontro, chegando aos dois golos de vantagem, contudo a equipa bracarense conseguiu empatar antes do fim da primeira metade. Grande primeira parte e boa atitude de ambas as equipas!

O jogo estava aberto porque ambas as equipas estavam à procura do golo. Fábio Cecílio acabou por marcar, resolvendo o encontro a favor da equipa do Braga, um golo muito importante para as aspirações da equipa e para continuar na luta pelo segundo lugar.

Com esta vitória, e a faltarem apenas quatro jornadas para o final da prova, sendo que uma dessas jornadas é disputada em casa do Sporting (jornada 25), a luta pelo segundo lugar está ao rubro. Mais uma temporada muito consistente da equipa comandada por Paulo Tavares.

Resultados da jornada 22 da Liga Sport Zone:

Cascais 2-3 SL Olivais

Póvoa Futsal 2-4 Sporting

Rio Ave 4-0 Burinhosa

Leões Porto Salvo 5-5 Boavista

Unidos Pinheirense 4-4   AD Fundão

Benfica 5-2 Belenenses

Modicus 2-3 SC Braga

 Foto de Capa: Sporting Clube de Portugal