Anterior1 de 3Próximo

Duas equipas que entravam em campo para a segunda jornada com resultados bem diferentes na ronda inaugural. A CRC Quinta dos Lombos entrou a vencer, enquanto que o Elétrico FC arrancou um empate em casa com o campeão nacional, SL Benfica. Por isso, era de maneira diferente que ambas as formações olhavam para este jogo e isso foi notório nos minutos iniciais.

O Elétrico vinha com vontade de fazer mais e melhor do que na primeira jornada. Havia um grande domínio na partida por parte da formação alentejana com muita posse de bola. Quando Nem e Silvestre Ferreira estavam em campo havia um bom entendimento entre os dois, o que favorecia o Elétrico. Já a Quinta dos Lombos entrava muito na expetativa do que poderia fazer os comandados de Kitó Ferreira.

Não foi preciso esperar muito para que houvesse o primeiro golo na partida. Aos seis minutos, remate de Rodriguinho na esquerda do ataque e Renan Fuzo a aparecer bem à entrada da área para dar um toque subtil para a baliza. Estava inaugurado o marcador pelos forasteiros, que fizeram muito para alcançar este golo.

Depois do golo do Elétrico, o jogo teve poucas oportunidades de perigo, que só viriam aparecer novamente a cinco minutos do fim do primeiro tempo. O golo deixou os alentejanos muito confortáveis na partida e na expetativa do que se poderia fazer para o resto do primeiro tempo.

Primeiro foi Ludgero a ter um rasgo de génio na ala direita e a encontrar Bruno Vicente em grande posição para finalizar. Mas o número seis dos Lombos não teve a pontaria afinada e atirou a bola muito por cima. A equipa da Quinta dos Lombos não baixou os braços e foi à procura de marcar, mas de um canto a seu favor fez a sexta falta.

Silvestre Ferreira, que sofreu a falta, foi quem teve nos pés a oportunidade de marcar o segundo golo na partida para os alentejanos. Da marca dos dez metros, o jovem português não tremeu perante Paulo Ferreira e balançou as redes adversárias. O jogador emprestado pelo Benfica fez a sua estreia e marcou assim o primeiro golo nesta edição da liga.

Silvestre Ferreira não perdeu a oportunidade de marcar o segundo para o Elétrico da marca dos dez metros
Fonte: Joana Manta/Bola na Rede

O final da primeira parte contou ainda com mais duas grandes defesas de Diogo Basílio, guarda-redes do Elétrico. A faltar 20 segundos para o fim, a bola esteve perto de entrar, mas o 99 do Elétrico salvou a equipa de sofrer um golo que poderia ser fatal para a sua equipa. Assim, as formações recolheram para o intervalo com um 0-2 a favor da equipa forasteira, o Elétrico FC.

A segunda parte foi o inverso da primeira. A Quinta dos Lombos veio dos balneários com outra atitude e com vontade de mudar o resultado. Os comandados de Jorge Monteiro estavam mais perto da baliza adversária, porém, a bola teimava em não encontrar as redes da baliza adversária.

Nos minutos seguintes, três oportunidades para os Lombos, que só aproveitaram à terceira para marcar. Primeiro foi Ludgero a não conseguir encostar a bola ao segundo poste, pois Silvestre Ferreira bloqueou o remate. Depois foi Manuel Mesquita a enviar o esférico ao poste da baliza defendida por Diogo Basílio. Por fim, foi novamente Manuel Mesquita o protagonista do remate que com alguma sorte à mistura conseguiu introduzir a bola na baliza do Elétrico.

Ao minuto dez da segunda parte, reposição lateral de Eddy e Manuel Mesquita chutou de primeira. O remate embateu na cabeça de Bello e acabou por ir para dentro da baliza do Elétrico. Estava reduzida a desvantagem para a equipa de Carcavelos e o marcador mostrava 1-2 a favor dos visitantes.

A equipa da casa bem tentava chegar à igualdade, mas foi o Elétrico que aumentou a sua vantagem e selou o resultado final. Bello começou uma bela jogada de contra-ataque e descobriu Renan Fuzo, que marcou novo golo alentejano. O número 88 só teve de meter a bola para o poste mais distante da baliza e bisar na partida. Era o 1-3 para o Elétrico.

Depois o terceiro golo sofrido, a Quinta dos Lombos tentou o cinco para quatro, mas sem grande sucesso. Na verdade, esteve muito mais perto o Elétrico de aumentar a vantagem do que propriamente os Lombos de reduzir.

O resultado final foi favorável ao Elétrico FC, que continua as boas exibições e desta vez com a conquista dos três pontos. Os alentejanos sobem ao quarto lugar com os mesmos pontos do que o SL Benfica, que também venceu nesta jornada. Já a Quinta dos Lombos está em oitavo com os mesmos três pontos quando entrou para esta jornada e a derrota muito se deve à falta de eficácia que teve durante toda a partida.

CINCOS INICIAIS:

CRC Quinta dos Lombos – Paulo Pereira (GR), Manuel Mesquita, Gonçalo Sobral, Bruno Santos e Bruno Vicente

Elétrico FC – Diogo Basílio (GR), Renan Fuzo, Bello, Rodriguinho e Nem

Anterior1 de 3Próximo

Comentários