SITE TEMPORÁRIO

20 de Janeiro, 2022

Definidos os oito finalistas da Taça da Liga

Cabeçalho modalidadesPrestes a encerrar o ano civil de 2016, o futsal não parou, pois apenas dia 31 ficaram definidos os oito apurados para a fase final da Taça da Liga.

Como é norma nestes últimos anos, SL Benfica e Sporting CP encabeçam o lote de equipas apuradas, tendo no lote de qualificados o SC Braga e o  CF os “Belenenses”, que tem mostrado uma equipa bastante coesa e conseguiu resultados de grande valia, como é exemplo a vitória no pavilhão da luz, estando por isso num honroso quarto lugar.

Os restantes elementos que estarão nos quartos-de-final são AD MODICUS, em quinto lugar, AD Fundão, na sexta posição, Futsal Azeméis, no sétimo posto, e os Leões de Porto Salvo, na última vaga disponível. A única meia surpresa, na minha ótica, foi o nono lugar e consequente afastamento da competição da equipa do CCRD Burinhosa, mas que é justificada pela turbulência no início da temporada, com o afastamento do treinador Kitó Ferreira, que curiosamente ingressou na equipa dos Leões de Porto Salvo, que passou sobre a linha de meta a equipa do distrito de Leiria, relegando-a para o nono posto e primeiro fora da competição, competição esta que tem a sua fase final durante o mês de Fevereiro, em Gondomar.

O pavilhão multiusos de Gondomar, que vai acolher a fase final Fonte: CM Gondomar
O pavilhão multiusos de Gondomar, que vai acolher a fase final
Fonte: CM Gondomar

Ainda não há sorteio da fase final, mas é credível que os dois primeiros classificados possam defrontar equipas que, embora não ocupem lugares de topo no campeonato, joguem para tentar alcançar uma surpresa. Vão ser, por isso, jogos bastante equilibrados e onde se espera grande equilíbrio em todos os sete jogos que forem discutidos, sendo a única condicionante ao sorteio que primeiro (Sporting CP) e segundo (SL Benfica) não se possam encontrar antes das meias finais, sendo o restante sorteio puro.

A discussão vai ser, previsivelmente, entre os dois grandes de Lisboa, não sendo de descartar uma possível intromissão de um outro clube entre os finalistas. Como tal, uma possível presença do Braga, Belenenses, AD Fundão, LPS , Modicus ou Futsal Azeméis entre os dois integrantes na grande final não é um cenário impossível. Aliás, em função dos anos mais recentes, em que já tivemos o Fundão na final do campeonato, é de acreditar que seja possível haver um outsider na fase mais avançada da competição.

A minha aposta em relação ao ano passado mantém-se nas hipóteses de haver um clube como o SC Braga/AAUM a sair vencedor da segunda edição da Taça da Liga de Futsal, sucedendo ao seu homólogo de Lisboa como vencedor.

Artigo revisto por: Francisca Carvalho