Na presente temporada, a equipa de futsal do Sporting Clube de Portugal já conquistou, a nível nacional, a Supertaça Portuguesa e a Taça de Portugal. No entanto, o momento mais alto da modalidade foi a conquista da Liga dos Campeões de Futsal, uma competição que nos escapava há alguns anos. Para além de todas as conquistas, a equipa de Nuno Dias está neste momento a disputar com o SL Benfica a final do playoff da Liga Portuguesa de Futsal.

Numa final disputada à melhor de cinco jogos, os comandados por Nuno Dias procuram a vitória na terceira partida, depois de terem vencido o jogo um no prolongamento por 4-5 no pavilhão da Luz e de terem perdido o segundo jogo no seu reduto por 6-3.

Dois jogos completamente distintos, duas prestações distintas, dois resultados distintos. No primeiro jogo, os leões foram superiores e podiam ter alcançado a vitória no tempo regulamentar, no entanto foi necessário recorrer ao prolongamento, com Guitta a ser o homem do jogo com enormes defesas e dois golos apontados. Na segunda partida desta final, e quando se esperava uma boa prestação dos homens de verde e branco diante dos seus adeptos, a equipa até entrou forte no jogo com Dieguinho a inaugurar o marcador e a desperdiçar uma ocasião flagrante na cara de Roncaglio, mas na segunda parte os leões entraram desconcentrados e foram surpreendidos pela pressão encarnada, acabando por perder o controlo do jogo e o próprio jogo.

A união faz a força.
Fonte: Sporting CP

Acredito que a vitória na terceira partida da final pode sorrir aos leões, apesar de ser no terreno do adversário a equipa leonina já nos mostrou que o fator casa não é determinante. É fundamental a equipa não perder a concentração em nenhum momento do jogo. A equipa liderada por Nuno Dias já nos mostrou a sua qualidade e o seu potencial coletivo, e na minha perspetiva, estes fatores aliados à qualidade do mister são as principais armas dos campeões europeus de futsal não só para vencer o jogo três, como para revalidar o título de campeões nacionais e alcançar o tão desejado Tetra.

Na temporada anterior, o título foi disputado até à “negra”, com os leões a baterem os encarnados nas grandes penalidades. Na presente temporada, o objetivo é só um: conquistar o Tetra.

Força Sporting Clube de Portugal.

Foto de Capa: Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Comentários