Nesta altura, e já com as principais provas nacionais e internacionais de clubes em andamento, é hora de fazer um pequeno balanço sobre aquilo que tem sido a prestação dos clubes do principal escalão nacional na principal divisão do nosso futsal e também a caminhada dos nosso representantes na principal competição europeia de clubes, que nesta nova época alterou a sua designação oficial para UEFA Futsal Champions League (ou Liga dos Campeões de futsal da UEFA).

No principal escalão, não há novidades no que diz respeito aos dois primeiros classificados: SL Benfica lidera o campeonato, com 12 pontos em quatro jogos, sendo secundado pelo seu rival da segunda circular, o Sporting CP, que tem três pontos a menos mas também tem 100 % de aproveitamento nos jogos do campeonato.

A única razão explicativa do fosso entre as duas formações prende-se com um jogo em atraso da equipa leonina, que se discute na próxima segunda-feira, no pavilhão João Rocha perante a lanterna-vermelha da competição até ao momento, a equipa do CCRD Burinhosa, jogo onde se prevê mais uma vitória dos leões pelo seu maior favoritismo no plano teórico e por jogar diante dos seus adeptos. Caso ocorra essa vitória, teremos os dois conjuntos mais fortes na liderança partilhada, pouco antes do primeiro derby oficial desta nova época (dia 21 de Outubro).

Olhando para a tabela, nota-se uma grande surpresa até ao momento: o terceiro grande do nosso futsal, o SC Braga, que conseguiu estrear-se nas competições europeias em 2017/18, e que ombreia quase sempre até ao fim com os grandes de Lisboa pelas posições cimeiras, está num impensável 11.º (!) lugar, com apenas dois pontos fruto de dois empates e duas derrotas em quatro jogos, sendo de referir que ainda não jogou com nenhum dos grandes do futsal português esta temporada, algo que ainda torna mais surpreendente a posição que os guerreiros do Minho possuem até ao momento, mas ainda estamos no início do campeonato e tudo ainda pode mudar, pois ainda estamos na fase inicial da temporada 18/19.

Na nova Liga dos Campeões de Futsal da UEFA, temos os dois expoentes máximos da modalidade em Portugal, que contam com plantéis ao nível das melhores equipas da Europa, e a prova disso foi a edição da Masters Cup, disputada na cidade algarvia de Portimão, e onde o Sporting ganhou a edição de 2018, batendo pelo caminho o Inter Movistar e o Magnus Futsal (equipas dos melhores jogadores da história da modalidade, respetivamente Ricardinho e Falcão). Neste torneio, ambas as equipas portuguesas acabaram com seis pontos e 8-4 no goal-average, tendo o vencedor sido decidido pelo número de… faltas realizadas(!)!

O pavilhão leonino foi um dos quatro escolhidos para acolher esta Ronda de Elite da Liga dos Campeões
Fonte: SCP futsal

Para já, estão ambas apuradas para a ronda de Elite, cujo sorteio se realiza esta sexta-feira, procurando um lugar na final-four, sendo que até se podem encontrar nesta fase, por estarem inseridos em potes diferentes (de relembrar que o Pavilhão João Rocha foi escolhido como um dos quatro pavilhões anfitriões desta fase, significando isso que um dos grupos será disputado no reduto leonino. O único troféu oficial desta nova temporada, a Supertaça, acabou por ir naturalmente para o emblema verde e branco, após baterem na final o GD Fabril, por esclarecedores 11-0.

Atualização: o sorteio da ronda de Elite desta sexta-feira ditou mesmo o encontrar das duas formações portuguesas. Sporting CP e SL Benfica estão ambos no Grupo C, junto do Sibiryak (RUS) e do Makarska (CRO)

Foto de Capa: SLBenfica Modalidades

Comentários