Cabeçalho modalidadesRealizaram-se, no passado fim-de-semana, os jogos relativos aos oitavos-de-final da Taça de Portugal e há algo que, por não acontecer todos os anos, merece amplo destaque neste meu artigo: temos uma equipa da AF Lisboa na final a oito desta competição.

O principal motivo de atenção não se prende com o facto de a equipa ser lisboeta, mas sim por ser uma equipa de um escalão bastante inferior a chegar a esta fase. Falo de uma formação que está indiscutivelmente entre as melhores do nosso futebol de 11, mas que ainda não está entre a elite do Futsal nacional: o Estoril-Praia.

Para se perceber um pouco da magnitude deste feito por parte dos estorilistas, é necessário acrescentar que a caminhada começou no início de Outubro, numa pré-eliminatória realizada perante o GD Concha Azul. Desde então, Atalhada FC, Cruzado Canicense, Piedense, “Os Vinhais” (esta formação oriunda da Liga Sport Zone, logo foi a eliminação mais mediática dos canarinhos) e, por fim, os Moradores da Granja, todos eles sucumbiram perante a turma da Linha, que fez assim um percurso absolutamente brilhante para marcar na fase final, que se disputa em Gondomar. Lá irá ter a companhia dos dois grandes de Lisboa, o Sporting CP e o SL Benfica, do Burinhosa, do MODICUS, do CS São João, todos do principal escalão e, finalmente, o Portela e o Viseu 2001, estes dois da segunda divisão.

Claro que neste patamar todos os jogos serão imensamente difíceis e creio que o simples facto de o Estoril ter chegado a esta fase final já é um prémio para o emblema lisboeta, e tudo o vier é lucro, como se costuma dizer.

Fonte: AFL - Associação de Futebol de Lisboa
É frequente vermos o emblema do Estoril Praia nas fases avançadas em futebol de 11, mas este ano também acontece no futsal
Fonte: AFL – Associação de Futebol de Lisboa

Claro que a equipa da Linha vai dar tudo em campo para poder ultrapassar pelo menos mais uma eliminatória mas, caso não o consiga, nada apaga o percurso fenomenal feito até aqui. Porque é com estas aparições em fases mais avançadas que os clubes começam a ganhar nome e a ser conhecidos pelas pessoas que não acompanham tão de perto o nosso desporto. Até porque o Estoril já tem uma dimensão demasiado grande para estar no escalão onde atualmente se encontra, que ainda não sucedeu por mero acaso, mas é de crer que está para breve.

Anúncio Publicitário

Certo é que com esta caminhada, este clube já ganhou bastantes fãs, desejosos de ver a equipa da AFL fazer (mais) uma gracinha diante dos seus possíveis adversários.

Foto de capa: W Sports

Artigo revisto por: Francisca Carvalho

Comentários