Muitos jovens, meninos e meninas, sonham em representar as equipas séniores do Sporting Clube de Portugal. Uns vão sonhando nos recreios das escolas, nos jogos com os amigos, imitando os craques que vêm na televisão, nos estádios ou pavilhões; outros, mais próximos do clube, pertencem mesmo aos escalões de formação do Sporting e sonham diariamente, treino após treino, jogo após jogo, com a estreia na equipa principal da sua modalidade.

Izaquiel Gomes Té, mais conhecido por Zicky no Futsal, é certamente um destes últimos casos. Com apenas 17 anos de idade, estreou-se na equipa sénior leonina em outubro de 2018, selando o último golo da formação de Nuno Dias em pleno João Rocha diante do Burinhosa. O jovem jogador tornou-se, com esse golo, no atleta mais jovem a marcar no campeonato nacional da modalidade.

Após esse feito, Zicky tem-se comportado como um menino que vive um sonho. Vai marcando, por vezes, presença nos treinos da equipa sénior do Sporting e vai sendo chamado por Nuno Dias para os jogos do campeonato nacional.

Apesar do golo marcado diante do Burinhosa, tal feito não o fez perder a noção de onde estava e, com os pés bem assentes na terra, disse muito claramente ao Jornal Sporting numa entrevista que concedeu após a efeméride: “Não é porque marquei um golo que passei a ser melhor do que outros”. Esta humildade é a base, como sabemos, para o crescimento de qualquer atleta.

A formação leonina, em todas as modalidades e escalões, deve contemplar o desenvolvimento desportivo dos atletas, é certo, mas, sobretudo, o seu desenvolvimento ético, cívico e humano. Não há verdadeira formação desportiva se não se incutir, desde muito cedo, os valores do respeito pela diferença, do saber perder e saber vencer, respeitando sempre o adversário.

O técnico Nuno Dias está sempre atento aos talentos da formação leonina. Zicky é a sua “presa” mais recente
Fonte: Sporting CP

O jovem Zicky tem ainda um longo caminho pela frente. Nuno Dias, sempre atento à formação do Futsal leonino, abriu as portas do mundo do Leão a este pivot. E ele parece estar a corresponder da melhor forma: depois de ter marcado no jogo de estreia, memorizou a receita e voltou a marcar na goleada imposta ao Unidos Pinheirense por seis bolas a zero.

Para que o pivot canhoto singre na equipa principal terá que continuar a mostrar a humildade que o caracteriza e a aprender com os melhores da modalidade. Para já, Zicky tem dado mostras, dentro e fora da quadra, das suas qualidades como jogador e homem. Força, Zicky!

Foto de Capa: Sporting CP

Artigo revisto por: Rita Asseiceiro

Comentários