Desta feita decidi não falar sobre futsal masculino, como é habitual, mas sim dedicar a minha atenção ao mesmo desporto de sempre, mas neste caso à sua vertente feminina. Não só porque as senhoras merecem todo o respeito, por ser uma modalidade em crescimento exponencial nestes últimos meses, com a criação de um campeonato europeu absoluto no ano de 2019, mas por haver uma grande notícia no que diz respeito ao plantel do SL Benfica para a próxima temporada.

Não é nenhuma contratação, mas sim uma renovação sonante. A guarda-redes Ana Catarina irá continuar no seu clube do coração durante (pelo menos) mais uma época, naquela que irá ser a sua 14.ª temporada ao serviço do seu clube de formação e de coração. Uma guardiã consagrada, de topo mundial, conforme se comprova pela distinção individual na edição de 2018 dos Futsal Awards na posição de guarda-redes, sendo segunda classificada na última atribuição dos prémios anuais, e também pelos 12 títulos (três campeonatos, cinco taças de Portugal e quatro supertaças) conquistados no clube que representa há vários anos, tirando uma rápida incursão no futsal italiano em 2014/15.

Mesmo nesta temporada, as encarnadas seguiam na frente da segunda fase de apuramento do campeão e pareciam bem encaminhadas para mais um título nacional em 2019/20, mas pelos motivos bem conhecidos por todos a época foi abruptamente interrompida.

Mais uma época ao serviço do clube encarnado
Fonte: SL Benfica Modalidades

A reformulação das próximas épocas inclui a criação de uma nova competição, a taça da Liga, a partir de 2020/21, logo pode permitir um engrossar do palmarés já vastíssimo da titular da seleção nacional.

Anúncio Publicitário

Mesmo o facto de Portugal estar no topo do futsal europeu e mundial pode contribuir, pois o Brasil, vencedor absoluto de todas as edições do torneio mundial disputadas até agora (seis) não pode ganhar sempre e a nossa seleção está na linha da frente de potenciais conquistadores da prova, a par da Espanha e da Rússia.

O próprio campeonato europeu, que teve a sua primeira edição em 2019 no nosso país, competição com apenas quatro formações e onde só perdemos na final com a Espanha, pode ser para encher o currículo da atleta do Benfica, uma jogadora de eleição e que está no pódio das melhores mundiais na sua posição na atualidade aos 27 anos, logo ainda terá muitos anos pela frente na elite do futsal mundial.

Foto de Capa: SL Benfica Modalidades

Comentários