cab futsalFinda que está a 6.ª jornada da Liga Sport Zone, é tempo de analisar o que de mais relevante se passou, no passado fim de semana, pelos sete palcos que acolheram os jogos referentes à ronda em questão. Começamos a nossa viagem pela Beira Baixa, mais concretamente no Fundão, onde a equipa local recebeu o Sporting CP, no jogo “cabeça de cartaz”. E, como já é habitual em todos os jogos grandes, e eu considero-o como tal pois a “desportiva” já provou ser um dos principais animadores a nível interno, este duelo teve de tudo: golos, emoção e alguma polémica à mistura.

Começando pelo início, o Sporting entrou mais forte e capitalizou com o golo de grande penalidade de Fortino, a penalizar uma mão na bola de um defesa do Fundão. Diogo aumenta a contagem para 0-2 e, no minuto seguinte, ocorre um lance polémico na área do Sporting: Fortino toca com a mão na bola e recebe a ordem de expulsão. Vermelho para um dos motores do bom arranque leonino na prova e a suspensão consequente a cumprir no pavilhão da Luz, na próxima jornada. Se o penalty me parece indiscutível, o cartão vermelho é um pouco mais duvidoso, embora se tenha que aceitar, pois o jogador dos leões corta um lance de golo iminente. É através desta grande penalidade que a turma beirã reduz o marcador e coloca de novo a incerteza no marcador, através de Teka.

A abrir a etapa complementar, mais um lance polémico e de difícil juízo: Marcão parece tocar com a mão na bola fora da área e o árbitro assinalou a respetiva falta. No entanto, apenas mostrou o cartão amarelo ao guardião brasileiro. Pese, embora, a minha opinião ir de encontro à decisão do árbitro, pois acho demasiado penalizador mostrar o cartão vermelho num lance destes, o certo é que, por norma, é essa a cor a mostrar em lances semelhantes. Daqui para a frente foi só uma questão de o Sporting controlar o jogo e aumentar a vantagem com golos de Fábio Lima e Marcão, a aproveitar o guarda redes avançado do Fundão.

Vitória difícil, mas saborosa no Fundão Fonte: futsalglobal.com
Vitória difícil, mas saborosa no Fundão
Fonte: futsalglobal.com

No Bessa, o Benfica goleou o Boavista por 3-7. Num resultado que não demonstra as grandes dificuldades sentidas pelo campeão nacional ante uma equipa bastante aguerrida, os axadrezados estiveram a vencer por três vezes (1-0, 2-1 e 3-2). Para termos uma noção do grande equilíbrio, o resultado ao intervalo registava 3-2 para os boavisteiros, numa primeira parte de má memória para os encarnados, que se veem privados de Rafael Hemni para o grande clássico da próxima semana, uma vez que agrediu um adversário com uma cotovelada e viu o cartão vermelho direto.

Uma segunda parte onde o Benfica se conseguiu soltar, fruto de duas grandes penalidades, uma das quais valeu a expulsão a Sá Pinto, convertida por Alessandro Patias, e que permitiram ao Benfica virar o marcador. Pouco depois, uma boa finalização de Bruno Coelho permitiu o 3-5, antes de o Benfica marcar os dois golos finais em contra-ataque nos últimos quatro minutos. De resto, no derby local, destaque para a primeira derrota do Sporting de Braga no campeonato perante o Gualtar, por 4-3, algo que deixa o Sporting  e o Benfica isolados na liderança antes do encontro entre ambos. O SL Olivais venceu o Modicus por 3-1 e apanha o Sp. Braga no 3.º lugar, embora com um jogo a mais.

Anúncio Publicitário

O Burinhosa confirma o bom arranque com mais uma vitória caseira perante o CS São João, por 6-4, e sobe assim ao 5º lugar da tabela classificativa. O Rio Ave, que apesar da enorme crise que assola o seu setor de futsal, logrou vencer na casa do Belenenses por 3-5, consegue assim afastar-se mais da zona de despromoção, para onde entraram os Leões de Porto Salvo, que foram copiosamente derrotados por 4-0 na (curta) deslocação até à Quinta dos Lombos e trocaram, assim, de posição com o seu adversário.

Foto de Capa: Futsal Global