À entrada para a 30.ª e última jornada do principal escalão do Futsal sénior em Portugal, pode parecer que já está tudo decidido, mas não é bem o caso, porque os oito bilhetes para a fase do play-off já estão entregues, mas as posições específicas de cada um dos colocados ainda é incerta, e por isso, os jogos deste fim-de-semana trazem consigo muita incerteza e indefinição, com a luta para escapar ao último lugar de descida a ser outro dos pontos de interesse.

Mas vamos por partes para tentar perceber o que pode ainda pode mudar e o que está em jogo nestes próximos dias. Desde logo, a luta pelo primeiro lugar, que apesar de ser pouco provável uma mudança no líder, o Sporting CP tem uma deslocação historicamente muito complicada a Ponte de Sôr, para defrontar o Elétrico FC, que apesar de não conseguir figurar entre as oito melhores equipas nesta temporada, é sempre um rival muito incómodo e difícil.

Anúncio Publicitário

Historicamente, os maiores clubes sentem grandes dificuldades para passar no Alentejo e a forma descontraída e descomplexada como o Elétrico FC se irá apresentar, uma vez que já não luta por nenhum objetivo concreto poderá causar ainda mais calafrios aos leões. A acrescentar a esse fator, o sobejamente conhecido Kitó Ferreira, um dos treinadores mais competentes da nossa Liga, tudo fará para contrariar o favoritismo teórico do seu adversário. Este ano, na primeira volta, o jogo não correu nada bem aos alentejanos, goleados por 15-1 na visita ao pavilhão João Rocha.

O segundo classificado SL Benfica defronta no seu reduto o SC Braga e também não terá tarefa fácil, perante uns «Guerreiros do Minho» que estão em sexto lugar mas olham para cima, na tentativa de chegar ao quinto posto. A acrescer, o SC Braga foi uma das equipas que travou as águias, ao empatar a quatro bolas na 15.ª jornada do campeonato, empate que poderá ser fatal à equipa de Joel Rocha caso não chegue à liderança.

Para haver mudança no primeiro posto, seria necessário que o Sporting CP saísse derrotado e que o SL Benfica ganhasse o seu encontro, um empate leonino não seria suficiente, a menos que o SL Benfica impusesse uma goleada histórica ao seu adversário para inverter a diferença de golos amplamente favorável aos comandados de Nuno Dias. A luta pelo último lugar do pódio promete grande disputa até ao final, com a AD Fundão e os Leões de Porto Salvo a serem os dois emblemas que disputam essa vaga.

Como ambos defrontam formações que estão envolvidas noutras batalhas (o AD Fundão vai ao Algarve jogar com o Portimonense enquanto que a equipa de Porto Salvo joga contra o aflito Caxinas em Vila do Conde) esta luta promete ser titânica, sendo que a equipa beirã apenas depende de si enquanto que a formação lisboeta tem que ter uma ajuda do Portimonense, juntamente com uma vitória a Norte.

A luta mais animada, porque envolve quatro equipas coladas na tabela (MODICUS, SC Braga, Portimonense e Viseu 2001) está relacionada com a disputa do quinto lugar. O MODICUS apenas depende de si próprio para selar esta posição, com uma deslocação à aldeia do futsal para enfrentar o CCRD Burinhosa, que faz o seu jogo de despedida do principal escalão.

O SC Braga joga com o SL Benfica, o Portimonense recebe o AD Fundão e o Viseu recebe o Dínamo Sanjoanense, podendo haver várias alterações nesta jornada final.

Na luta pela manutenção, Caxinas e Candoso lutam para evitar a zona vermelha. O Caxinas joga contra os Leões de Porto Salvo enquanto que o Candoso recebe o Futsal Azeméis, sendo que estão os dois clubes empatados com 27 pontos mas com vantagem para o emblema de Guimarães, que foge à despromoção caso haja empate no fim, logo o Caxinas precisa de fazer um melhor resultado que o seu rival para poder sonhar com a manutenção entre a elite.

Foto de Capa: AD Fundão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome