cab futsal

Há cerca de dois meses, e quando estavam decorridas três jornadas do Campeonato Nacional de Futsal, fiz uma breve observação do que poderíamos esperar das equipas ao longo da época. Nessa análise, alertei para o crescimento de equipas que, apesar de (ainda) não se encontrarem ao mesmo nível que os dois grandes do futsal português, poderiam causar problemas ao Sporting e ao Benfica: os Leões de Porto Salvo, o AD Fundão e o SC Braga.

Coincidência ou não, e sendo a equipa de Porto Salvo a única excepção, pouco me enganei relativamente ao Fundão e ao Braga. De facto, estas foram as duas únicas equipas, a par do Benfica, que conseguiram retirar pontos aos verdes e brancos. E sempre com uma vitória. Quanto às águias, a formação de Joel Rocha sofreu para conseguir resistir à crescente qualidade destas equipas.

Seguindo esta linha, aproveito para falar daquela que é a equipa que mais me tem surpreendido positivamente através dos seus resultados e da sua qualidade de jogo. Os minhotos encontram-se na 2ª posição da tabela, a seis pontos do imparável Benfica e com mais um do que o Sporting. Em 15 jogos, têm 12 vitórias, 1 empate (2-2 frente ao Burinhosa) e 2 derrotas (4-3 diante dos Olivais e 3-0 perante o Benfica). Se examinarmos estes resultados enquanto olhamos para a classificação actual, rapidamente concluímos que as únicas equipas com quem perdeu pontos se encontram no 1º, no 4º e no 5º lugar; ou seja, são formações com as quais disputa jogos bastante equilibrados e cujo resultado pode tender para qualquer um dos lados.

braga
O SC Braga/AAUM é a segunda equipa com mais golos marcados no campeonato (72)
Fonte: Facebook do SC Braga/AAUM

Com base nas estatísticas, o SC Braga (que está também, a título de curiosidade, associado à Universidade do Minho) é uma equipa que pode aspirar a grandes resultados se conseguir manter a sua consistência até ao final da temporada. Mas é neste ponto que surgem as minhas dúvidas: a consistência costuma ser o ponto fraco dos clubes que começam a ganhar algum reconhecimento e poderio nos campeonatos, revelando-se, ao longo da época, um factor determinante para que consigamos perceber se determinado clube se poderá afirmar como uma nova potência ou apenas como uma equipa que começou bem a época. Como eu não sou adivinha e não tenho uma bola de cristal, teremos de aguardar pelo desenrolar das jornadas para perceber se este Braga é mais do que “sol de pouca dura”.

braga2
Uma das estrelas que brilha em Braga chama-se Fábio Cecílio, actuando também pela Selecção Nacional de Futsal
Fonte: Facebook do SC Braga/AAUM

Comentários