Anterior1 de 2Próximo

O maior torneio da pré-época no futsal decorreu neste fim-de-semana na arena de Portimão, e contou com a presença, como sempre, de quatro das equipas mais fortes da Europa. Este ano, como em todas as edições anteriores, contámos com a presença de duas equipas nacionais, o Sporting CP e o SL Benfica, e duas equipas convidadas, o Inter Movistar FS, de Ricardinho, e o vice-campeão europeu em título, o Kairat Almaty AFC, oriundo do Cazaquistão.

Ao longo dos dois dias de competição, vimos futsal de alta qualidade neste torneio relativamente recente, mas que se afirma cada vez mais como uma paragem obrigatória para todos os clubes de topo europeu e mundial.

Como já vem sendo habitual, os representantes nacionais tiveram uma prestação muito positiva, ficando nos lugares cimeiros da tabela classificativa. Dos quatro jogos desta competição, três foram ganhos por equipas nacionais, com a única exceção a ser o empate entre Sporting e Inter, uma igualdade que acabou por se revelar decisiva para apurar o campeão, o Benfica.

Com a época oficial 2019/20 prestes a arrancar, com a realização da Supertaça, podemos antever mais uma temporada fantástica em Portugal.

O ano passado houve discussão até à negra pelo campeonato. Agora, há o primeiro dérbi na Supertaça
Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Vamos ter duas belas equipas candidatas aos troféus nacionais e europeus, e como também é normal. Temos também um lote de boas equipas a lutar por lugares de destaque na Liga e pela conquista das Taças, como o SC Braga/AAUM, a AD Fundão, o MODICUS. Pode haver ainda outras equipas que se possam superar e chegar aos lugares tipicamente ocupados pelas equipas acima mencionadas.

Mas falando um pouco mais pormenorizadamente do que se passou no Sul do país. No primeiro dia, o Benfica começou por ganhar à equipa do leste europeu por 3-1. Num jogo bem conseguido pelos pupilos de Joel Rocha, com golos de Afonso Jesus, Tiago Brito e Robinho para os encarnados.

O Sporting empatou a três bolas com o Inter Movistar, encontro em que deu para observar inequivocamente a qualidade e a valia dos reforços Taynan e Pauleta. Estão a evoluir de jogo para jogo e prometem fazer muita mossa nesta próxima época. Os golos leoninos foram marcados por Leo, Rocha e Taynan.

Partíamos assim para o último dia de competição com três pontos para o Benfica, um para o Sporting e Inter e zero para o Kairat.

No domingo, o dia começou com um jogo entre Sporting e Kairat, e mais uma derrota para a equipa cazaque. Desta feita por três golos sem resposta (bis de Taynan e terceiro golo de Leo), num jogo que deixava o Sporting a torcer por um empate entre Inter e Benfica no último jogo.

Fernandinho foi decisivo no jogo com o Inter, pelo que jogou, pelos golos que fez e pelas assistências
Fonte: SL Benfica – Modalidades

Mas as “águias” não deixaram fugir esta oportunidade de ouro de conquistar este título e venceram 5-0, com golos de Miguel Ângelo, Fernandinho (2), Robinho e Chaguinha. O SL Benfica sagrou-se assim vencedor desta International Masters Cup pela primeira vez e Portimão teve festa em tons de “encarnado”. O SL Benfica ficou então com seis pontos, contra os quatro do Sporting, um do Inter e zero do Kairat.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários