logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

FC Águias de Santa Marta 3-6 GCR Nun’Álvares

FC Águias de Santa Marta 3-6 GCR Nun’Álvares: Fafenses querem ficar na história

modalidades cabeçalho

A CRÓNICA: PARTES DISTINTAS, MAS NUN’ÁLVARES CONFIRMA FAVORITISMO E APURA-SE PARA A TERCEIRA FINAL DA TEMPORADA

A abrir a nona edição da Taça de Portugal Feminina de Futsal, FC Águias de Santa Marta e GCR Nun’Álvares mediram forças no Pavilhão Multiusos de Sines.

Este foi o terceiro confronto da época entre as duas equipas, com a equipa de Fafe a sair vitoriosa dos dois jogos anteriores – 8-1 em casa e 4-0 fora. Ainda assim e apesar de já ter vencido a Taça da Liga na presente temporada, o Nun’Álvares estreia-se em meias-finais da Taça, ao contrário do Águias de Santa Marta, que já chegou a esta fase em 2019.

Em Sines, o Nun’Álvares entrou melhor na partida, como seria de esperar, e dispôs de várias ocasiões de perigo nos primeiros cinco minutos de jogo. Aos sete minutos, Cátia Morgado combinou com Loira e, já no interior da área, atirou rasteiro para o fundo das redes (0-1). A partida continuou a ser de sentido único, com o Águias de Santa Marta a sentir muitas dificuldades.

A cinco minutos do intervalo, Pisko recebeu na direita, entregou para o meio e Carla Vanessa apareceu a desferir um grande remate para o 0-2. Pouco depois, o Nun’Álvares trocava a bola com muita calma junto à área da equipa de Penafiel, o esférico acabou por sobrar para Cátia Morgado, que rematou cruzado para o 0-3. Esse resultado chegou ao intervalo, com a equipa de Pedro Nobre a vencer justamente, tendo sido muito superior ao seu adversário.

A abrir a segunda parte, o Águias de Santa Marta deixou outra imagem e, em duas ocasiões consecutivas, Odete teve de se aplicar na baliza fafense. Depois dos avisos, Andreia Gonçalves apareceu sozinha no interior da área, rematou na passada e reduziu a desvantagem para 1-3. Aos 25’, Olga David saiu de campo numa altura indevida, Pisko cobrou rapidamente um canto e Liana Alves aproveitou as falhas defensivas para dilatar o marcador (1-4).

A resposta da equipa de Penafiel foi imediata, com Andreia Gonçalves a aproveitar da melhor forma um erro defensivo do Nun’Álvares, reduzindo para 2-4. Aos 28’, contra-ataque do Nun’Álvares, Pisko conduziu e soltou para Carla Vanessa que, com um remate colocado de pé direito, fez o 2-5. A resposta voltou a ser imediata, com um passe de rutura de Inês Pinho a ser aproveitado da melhor forma por Joana Barbosa (3-5).

O Nun’Álvares voltou ao comando da partida e, através de uma livre, Carla Vanessa viu a bola beijar o poste esquerdo da baliza de Catarina Martins. A dois minutos do fim, Carla Vanessa ainda chegou a tempo de fazer o hat-trick, após passe de Carla Vanessa (3-6). Até ao final, destaque para uma perdida incrível de Maria Costa. Com este resultado, a equipa do Nun’Álvares apura-se para a sua terceira final da temporada e fica agora à espera de SL Benfica ou Novasemente GD.

 

A FIGURA

Carla Vanessa – Aos 31 anos, Carla Vanessa demonstra, uma vez mais, que está aí para as curvas. A fazer a sua temporada de estreia no Nun’Álvares, a pivot internacional portuguesa tem 29 golos marcados em 31 jogos, sendo que três foram marcados esta tarde. Com toda a sua experiência revela-se como peça fundamental para a sua equipa e, qualquer que seja o adversário, promete criar bastantes dificuldades na final de amanhã.

 

O FORA DE JOGO

Olga David – Em sentido inverso está Olga David. É certo que a fixo do Águias de Santa Marta não fez uma partida assim tão negativa, mas aparece aqui por estar associada a um dos piores momentos da sua equipa. Saiu de campo depois de cortar uma bola para canto, deixando a sua equipa a defender a bola parada com uma elemento a menos, numa fase em que estavam a renascer das cinzas e perto de reduzir a desvantagem para apenas um golo. Acabaram por sofrer o quarto, muito por culpa de Olga David. Aos 35 anos é um erro inadmissível.

 

ANÁLISE TÁTICA – FC ÁGUIAS SANTA MARTA

A equipa penafidelense comandada por Emanuel Moreira não entrou bem na partida. Nos primeiros 20 minutos, a equipa do Águias de Santa Marta respeitou demasiado o seu adversário, entregou-lhe as rédeas da partida e revelou-se bastante apática, praticamente sem se aproximarem da baliza de Odete. No segundo tempo foi o oposto. O respeito ficou no balneário e, muito às custas de Andreia Gonçalves, a equipa criou bastantes ocasiões de perigo e podia ter saído de Sines com uma desvantagem menos volumosa.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Catarina Martins (7)

Diana Sousa (6)

Olga David (5)

Joana Barbosa (6)

Andreia Gonçalves (8)

SUBS UTILIZADOS

Mariana Marques (6)

Inês Pinho (6)

Pastel (6)

 

ANÁLISE TÁTICA – GCR NUN’ÁLVARES

O Nun’Álvares entrou na partida determinado a defender alto e a pressionar a equipa do Águias de Santa Marta, muito à imagem do que tem feito ao longo da temporada. A estratégia de Pedro Nobre resultou praticamente na perfeição, não fossem os três golos sofridos, com alguns a surgirem por erros defensivos. A equipa está determinada em fazer história e amanhã pode conquistar mais um troféu na presente temporada.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Odete Rocha (7)

Cátia Morgado (8)

Loira (8)

Pisko (8)

Cátia Vanessa (9)

SUBS UTILIZADOS

Cátia Tavares (7)

Liana Alves (8)

 

 

 

Rescaldo da autoria de Tiago Alexandre, redator de Modalidades

Artigo revisto por Joana Mendes

O Tiago nasceu em Abrantes e, atualmente, estuda em Portalegre, cidade para onde partiu em busca do seu sonho no meio do Jornalismo. Está ligado ao Desporto desde sempre e gosta de rebater as suas opiniões até à última. O Ciclismo e o Futebol - não o 'jogo da bola' - são as suas paixões, sem nunca descurar o Hóquei em Patins, o Futsal e o brilhante mundo dos Esports.

O Tiago nasceu em Abrantes e, atualmente, estuda em Portalegre, cidade para onde partiu em busca do seu sonho no meio do Jornalismo. Está ligado ao Desporto desde sempre e gosta de rebater as suas opiniões até à última. O Ciclismo e o Futebol - não o 'jogo da bola' - são as suas paixões, sem nunca descurar o Hóquei em Patins, o Futsal e o brilhante mundo dos Esports.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA