A CRÓNICA: CORRIGIU-SE A TEMPO, MAS NÃO SE LIVROU DO SUSTO

O jogo de hoje marcou a estreia de Portugal e Tailândia no Campeonato do Mundo de Futsal disputado na Lituânia. Apesar de algum natural nervosismo inicial, a formação lusa conseguiu entrar melhor e praticamente remeter a equipa tailandesa ao seu meio-campo, tirando pequenas exceções.

Ora, foi precisamente numa dessas situações que surgiu o primeiro golo da partida. Bola parada, onde os tailandeses são especialistas e o remate exterior extremamente bem colocado, não deu hipóteses de defesa a Bebé. Mas esse tipo de jogadas também é um dos principais pontos fortes de Portugal e tal ficou provado com o golo do empate no último minuto da primeira parte, com uma jogada ensaiada a culminar na finalização competente de Bruno Coelho.

Apesar do maior domínio territorial dos jogadores lusos, as ocasiões de real perigo junto da baliza adversária não abundaram, sendo que só se conseguiu criar maior perigo com uma referência ofensiva mais fixa no ataque, papel que Zicky cumpre de forma brilhante.

Não obstante, Jorge Braz optou por adaptar Erick Mendonça a essa posição e rapidamente colheu os frutos, com o jogador de 26 anos do Sporting CP a marcar um golo magnífico num belo movimento típico de pivot, a rodar e a “fuzilar” o guardião adversário.

Anúncio Publicitário

O terceiro golo foi uma finalização espetacular para qualquer jogador, mas normal para o “verdadeiro” pivot, Zicky Té. Impressionante a tranquilidade e a evolução deste jogador neste último ano. O quarto golo foi obtido após uma jogada individual de grande qualidade de Pany Varela, a tirar um jogador da frente e a finalizar de forma superior, perante um impotente guardião tailandês.

Nos últimos minutos, com o conforto de uma vantagem de três golos, a Tailândia arriscou tudo com a entrada do guarda-redes avançado, mas não conseguiu furar a defesa portuguesa, defendendo o 5×4 de forma imaculada, num aspeto onde a equipa Asiática costuma ser bastante efetiva.

Com este triunfo inaugural, Portugal assume a liderança do grupo, com três pontos, juntamente com Marrocos, autor de um triunfo confortável por 6-0 sobre as Ilhas Salomão, nosso próximo adversário. Foi uma vitória justa e clara, apesar do resultado final não espelhar as grandes dificuldades que Portugal sentiu, sobretudo na primeira metade.

 

A FIGURA

Fonte: André Sanano/FPF

Erick Mendonça – Marcou um golo decisivo neste primeiro encontro, mas não foi só esse fator que me levou a fazer esta escolha. Mostrou toda a sua polivalência e importância na equipa das quinas ao entrar numa posição que não a sua original e conseguiu desequilibrar o jogo a favor de Portugal.

O FORA DE JOGO

Ausência de Edu Sousa – A pandemia voltou a fazer das suas e impediu o jovem guardião português de fazer a sua estreia em Campeonatos do Mundo, tendo sido substituído na convocatória por André Sousa. Bebé fez um trabalho assinalável na baliza mas a ausência de Edu é uma perda importante para o grupo.

 

ANÁLISE TÁTICA – TAILÂNDIA 

O plano de jogo da seleção Tailandesa era bastante claro: tentar defender bem, com qualidade e procurar explorar um lance de bola parada para tentar aí ferir a nossa seleção. Na primeira parte, o plano quase correu na perfeição, não fosse o golo de Bruno Coelho no último minuto. Na segunda, a maior qualidade dos nossos jogadores fez a diferença.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Katawut Hankampa (7)

Jirawat Sornwichian (6)

Kritsada WongkaeoONGKAEO (5)

Suphawut Thueanklang (5)

Apiwat Chaemcharoen (5)

SUBS UTILIZADOS

Kanison Phoopun (5)

Worasak Srirangpirot (5)

Ronnachai Jungwongsuk (5)

Jetsada Chudech (5)

Warut Wangsama-Aeo (5)

Muhammad Osamanmusa (5)

Chaivat Jamgrajang (5)

Nawin Rattanawongswas (5)

Peerapat Kaewwilai (5)

 

ANÁLISE TÁTICA – PORTUGAL

Jorge Braz oscilou no início do encontro entre o 4×0 e o 3×1, ou seja, jogo com e sem pivot fixo na frente, e ficou claro que a nuance tática do 4×0 não estava a resultar. O nosso timoneiro também percebeu isso em tempo útil e a mudança no início do segundo tempo -permitiu uma vitória mais tranquila.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Bebé (8)

Bruno Coelho (7)

Erick (9)

João Matos (8)

Ricardinho (7)

SUBS UTILIZADOS

Tomás Paçó (7)

Afonso Jesus (7)

Fábio Cecílio (7)

Zicky (7)

Pany Varela (8)

André Coelho (7)

Miguel Ângelo (7)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome