cab futsal

Está prestes a ser dado o pontapé de saída no play-off de acesso ao Campeonato do Mundo FIFA 2016, que será disputado na Colômbia entre os dias 10 de Setembro e 1 de Outubro. A nossa seleção tem pela frente a Sérvia, um nome que poderá não assustar à primeira vista mas que merece o máximo respeito por parte de equipa e treinador nacionais, pois ainda está bem presente na nossa memória a derrota com a equipa balcânica no passado mês de Fevereiro.

Teoricamente, somos claramente favoritos, pese embora a grande valia desta seleção e sobretudo a maneira como ela se transcende a jogar em solo sérvio, conforme se viu na ótima participação no Euro’2016, quando só foi parada nas meias-finais pela forte nação russa. No coletivo reside a principal força do nosso adversário, mas também no público, uma vez que em Belgrado jogaremos perante um pavilhão cheio de adeptos bastante ruidosos no apoio à sua pátria, embora se possa destacar o número 10, Kocic, como maior figura individual.

Vão ser dois jogos muito intensos Fonte:UEFA
Vão ser dois jogos muito intensos
Fonte:UEFA

É de referir também que a primeira mão da eliminatória se disputa esta terça-feira em Belgrado, sendo a segunda e decisiva mão disputada no pavilhão de Odivelas no dia 12 de Abril. A grande chave deste tira-teimas é o jogo na capital sérvia, pois Portugal tem que ser capaz de travar um maior ímpeto e porventura maior motivação pelo fator casa por parte do nosso rival, e um resultado positivo fora de casa (obviamente que o ideal é ganhar, mas talvez um empate com golos seja positivo em função do jogo) é meio caminho andado para assegurar a qualificação.

Finalmente, a lista de jogadores não sofreu alterações em relação ao Europeu, mas há um pormenor que pode fazer toda a diferença no resultado: a possibilidade de Cardinal, salvo algum impedimento de última hora, jogar neste compromisso, ao contrário do que sucedeu no jogo com este adversário no mês anterior. Para mim, é o segundo melhor jogador da equipa nacional, logo atrás do mágico Ricardinho, e a sua presença no cinco inicial aumenta consideravelmente as nossas hipóteses de sucesso. Não é fácil, é certo, mas também se assim fosse não tinha piada nenhuma. Vamos, Portugal!

Anúncio Publicitário