Depois do andebol foi a vez do hóquei em patins do FC Porto celebrar a conquista de mais um título de campeão nacional. São já 23 desde que se disputa uma competição nacional na modalidade, o que permite aos azuis e brancos igualar o número de conquistas do SL Benfica e distanciar-se ainda mais do Sporting CP (8).

Com uma jornada do campeonato ainda por disputar, o FC Porto entrará para o último duelo de 2018/2019, na receção ao Turquel, já com o estatuto adquirido, fruto de uma vantagem no confronto direto com os mais diretos adversários que lhe permite, inclusive, abordar o derradeiro desafio sem a mínima preocupação. Na pior das hipóteses, o FC Porto fará os mesmos pontos que a UD Oliveirense.

É aí, portanto, que reside a diferença deste FC Porto para com os mais diretos concorrentes na luta pelo título. Apesar de ter fraquejado nas deslocações aos terrenos de UD Oliveirense, Sporting CP e SL Benfica, nas quais averbou um empate e duas derrotas (1-1; 5-3; 4-3) respetivamente, a verdade é que o FC Porto foi capaz de decidir a contenda a seu favor nos embates realizados na sua fortaleza. Aí, conseguiu levar de vencidos os encarnados por 5-3, vitória à qual se seguiu um triunfo frente aos leões (3-1). O ponto chave, porém, esteve na muito difícil e verdadeiramente épica vitória na receção à formação de Oliveira de Azeméis (6-5).

De partida para o Barcelona, Hélder Nunes foi uma vez mais um dos destaques da equipa
Fonte: FC Porto

Os azuis e brancos, apesar de um ‘percalço’ que poderia ter custado caro (derrota em Tomar por 4-3), acabaram por ser mais regulares que os restantes candidatos e, dessa forma, garantiram a conquista do título, registando neste momento, e muito provavelmente até ao fim do campeonato, o melhor ataque da prova. O melhor marcador, esse, também veste de azul e branco e dá pelo nome de Gonçalo Alves, que está na fasquia dos 40 golos, só no campeonato.

Ainda assim, nem tudo foi um mar de rosas, já que, uma vez mais, o objetivo de conquistar a Liga Europeia ficou adiado, depois de uma derrota na final frente ao Sporting CP. Ainda assim, de realçar mais uma presença na final four, onde foi até possível quebrar um enguiço contra os catalães do Barcelona.

A Taça de Portugal figura aqui também como um ‘fracasso’, uma vez mais aos patins da equipa do Sporting CP, o que impede os dragões de lutarem por um tetra na prova rainha do hóquei. Contudo, foi contra os leões que o FC Porto iniciou a presente temporada a conquistar um troféu, no caso a Supertaça António Livramento, depois de uma vitória por 4-1.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários