cab hoquei

No aniversário de Cosme Damião, o fundador do Benfica não podia pedir melhor prenda. Num pavilhão cheio e com um grande ambiente, o Benfica voltou a colocar o seu nome na História do hóquei, ao vencer a Taça Continental.

Foi uma noite perfeita para os encarnados e o resultado assim o demonstra: 5-0 ao Vendrell, depois dos 5-3 em Espanha, na primeira mão. Galvanizado pelo grande apoio do público, o Benfica procurou desde cedo o golo que desse tranquilidade à eliminatória, frente a um Vendrell que procurou fechar as linhas, defendendo em quadrado e tentando partir para o ataque quando a equipa do Benfica se encontrava desequilibrada na defesa. Mas o Benfica foi mais feliz e conseguiu ir para o intervalo com uma vantagem de 2 golos, da autoria de Marc Coy e Carlos Lopez.

A segunda parte foi jogada num clima já de antecipação da festa. Com 2 golos de vantagem, a Taça já não parecia escapar. Mas o Benfica não tirou o pé do acelerador e marcou mais 3 golos, por João Rodrigues, duas vezes, e outra vez por Carlos Lopez. No final, festa benfiquista e o culminar de uma grande época a nível europeu, tanto para o Benfica como para o hóquei português. Dia 16 o Benfica volta a ter oportunidade de fazer história, pois defronta o Sport Club do Recife, o Campeão Sul-americano de Hóquei em 2012, para a Taça Intercontinental, em Torres Novas.

Gostaria também de destacar a grande prova que os sub-15 do Sporting fizeram na Eurockey Cup, onde chegaram à final da prova, tendo perdido para o Reus por 3-2. Numa altura em que o Sporting procura a estabilidade neste regresso à primeira liga, este 2ºlugar promete um futuro brilhante para os leões.

Anúncio Publicitário