cab hoquei
A última jornada europeia não trouxe surpresas para o lado português, passando quem já se esperava e ficando de fora aqueles que tinham missões mais complicadas.

Na Liga Europeia, Porto e Benfica apenas cumpriram calendário. Os dragões já sabiam que iam acabar em primeiro e fecharam a fase de grupos com chave de ouro, ao golear os franceses do La Vendéene por 7-1. O resultado mostra a superioridade dos portistas, com destaque para José Costa e Hélder Nunes, que bisaram na partida.

Também o Benfica cumpriu calendário nesta última jornada. Sabendo que iam acabar em segundo lugar no seu grupo, atrás do Barcelona, os encarnados foram a Itália vencer o Bassano por 8-6, com Miguel Rocha a fazer um hat-trick. Com esta junção de classificações de Porto e Benfica, teremos um duelo português nos quartos-de-final. Uma reedição da Final da Liga Europeia de 2012/13, quando o Benfica se sagrou campeão europeu no Dragão Caixa. Apesar de o duelo português ser demasiado cedo, Portugal terá sempre uma equipa portuguesa na final-four.

O Valongo também fechou a sua participação com uma vitória. Na Suíça, frente ao Géneve RHC, os actuais campeões nacionais conseguiram a sua primeira vitória na prova, vencendo por 8-6. Um desempenho bastante inferior ao do ano passado, mas que também seria difícil de igualar. Fica como ponto positivo o 3.º lugar.

A única equipa portuguesa que ainda tinha esperanças de passar era a Juventude de Viana. Para tal tinha de vencer o Liceo da Corunha. Mas os minhotos nunca se encontraram no jogo e chegaram a estar a perder por 6-0, acabando o jogo com uma derrota por 8-4 e afastado da Liga Europeia.

Anúncio Publicitário
Benfica e Porto irão defrontar-se nos quartos-de-final da Liga Europeia Fonte: Facebook do Sport Lisboa e Benfica
Benfica e Porto irão defrontar-se nos quartos-de-final da Liga Europeia
Fonte: Facebook do Sport Lisboa e Benfica

Na Taça CERS, as equipas portuguesas também tiveram sortes diferentes. O Candelária foi à Suíça defender a vantagem mínima de 3-2 frente ao RHC Diessbach. Num jogo sempre muito bem disputado e com emoção até ao último minuto, os açorianos estiveram a vencer mas permitiram aos suíços virar o resultado (2-1). Os da casa estiveram à frente da eliminatória ao vencer por 4-2 mas permitiram aos portugueses reduzir para 4-3. No último minuto de jogo, o Candelária dispôs de um livre directo, que poderia dar a passagem na eliminatória, mas falhou. Depois de um prolongamento onde ambas as equipas não quiseram arriscar, na lotaria dos penáltis a sorte calhou ao RHC Diessbach, que se apurou para a outra fase.

A Candelária foi a única equipa portuguesa a ser eliminada. Sporting, Óquei de Barcelos e Oliveirense foram felizes nos seus jogos. O Sporting, depois de vencer em Basileia o conjunto da casa por 4-3, confirmou o apuramento ao vencer por 5-3, num triunfo suado. A Oliveirense não teve dificuldades em vencer o Viareggio por 5-2, depois de já ter vencido em casa por 7-3. O mesmo aconteceu com o Óquei de Barcelos, que depois de ter vencido na Alemanha o Cronenberg por 5-2, voltou a vencer pelo mesmo resultado.

Contas feitas, Portugal terá pelo menos uma equipa na final-four, isto porque Oliveirense e Sporting vão defrontar-se nos quartos-de-final. Um interessante duelo português entre uma equipa já bastante experiente nestas andanças e outra com história mas que está em reconstrução, procurando regressar aos grandes palcos. O Óquei de Barcelos também terá um desafio interessante pela frente, diante do competitivo conjunto do Saint-Omer.

No Hóquei feminino também tivemos grandes notícias. Em época de estreia na Taça da Europa de Clubes Femininos, o Benfica chegou à final four. A equipa feminina já tinha tido uma noite de sonho na primeira-mão ao vencer por 8-3 as espanholas do CP Voltregà, uma das melhores equipas do mundo. Na segunda-mão, as portuguesas foram guerreiras, souberam sofrer e passaram justamente. Apesar de terem perdido por 6-2, Marlene Sousa marcou no prolongamento o golo de ouro que deu o apuramento. Na final-four, o Benfica defrontará as espanholas do CP Manleu, também estreante nesta fase.