A CRÓNICA: HC TURQUEL VENCEU CARA A DERROTA

O HC Turquel recebeu o SL Benfica em jogo em atraso da 11.ª jornada do campeonato de Hóquei em Patins. A equipa treinada por João Simões vendeu cara a derrota perante os encarnados.

Na primeira parte, os visitantes tiveram mais posse e mais tempo de ataque, mas o HC Turquel não se deixou atemorizar e controlou bem os movimentos dos encarnados e nunca deixou de tentar contra-atacar. O SL Benfica ainda teve oportunidade soberana para marcar numa grande penalidade por Nicolia, defendida por Diogo Almeida.

A quatro minutos do intervalo, depois de uma situação ofensiva, o Benfica esqueceu-se de Vasco Luís, que rodopiou dentro da área para fazer o 1-0. Os visitantes acabariam por empatar logo a seguir por Nicolia, numa stickada potente fora de meia distância.

Na etapa complementar, o HC Turquel veio com uma atitude diferente, mais ofensiva, com mais unidades em ataque organizado. Contudo, a 12 minutos do fim da partida, numa jogada de insistência do Benfica, Edu Lamas consegue colocar os encarnados na frente da partida.

Anúncio Publicitário

A equipa da casa ainda teve oportunidade para empatar por Vasco Luís a castigar a décima falta do SL Benfica, mas Pedro Henriques defendeu.

Vitória à justa do SL Benfica frente a uma equipa que, apesar de estar nos lugares de despromoção, deixou uma boa imagem e podia ter saído com ponto da partida.

 

A FIGURA 

Edu Lamas SL Benfica
Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Edu Lamas – Fez o golo decisivo para a vitória. Foi ainda importante a conter a reação da equipa do HC Turquel, depois de alcançada a vantagem, ao segurar a posse e a permitir a equipa respirar longe da baliza de Pedro Henriques.

O FORA DE JOGO

Poucos golos – Num jogo muito tático, acabou por haver espaço para poucos golos e também com as oportunidades a não serem muitas durante a partida.

 

ANÁLISE TÁTICA – HC TURQUEL

O HC Turquel apresentou-se defensivamente muito compacto, na primeira parte. Apenas Vasco Luís ficava mais adiantado, com os outros três dedicados sobretudo à defesa, deixando-o desemparado. Na segunda parte, a equipa do distrito de Leiria preocupou-se mais em atacar com mais elementos.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Diogo Almeida (8)

Tiago Rafael (6)

 André Pimenta (8)

André Moreira (7)

Vasco Luís (7)

SUBS UTILIZADOS

Gonçalo Duarte (-)

Lucas Vicente (6)

 Afonso Severino (6)

Tiago Mateus (6)

Daniel Passos (6)

 

ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

O SL Benfica tentou desbloquear a partida, tentando o ataque organizado desde o início da partida. Nicolia e Ordoñez eram os criativos para tentar desbloquear a partida, mas sem muito espaço. Na segunda parte, com o HC Turquel a apostar mais no ataque, o Benfica tentou apostar mais em transições rápidas.

5 INICIAL E PONTUAÇÕES

Pedro Henriques (7)

Valter Neves (7)

Miguel Vieira (7)

Edu Lamas (8)

Ordoñez (6)

SUBS UTILIZADOS

Marco Barros (-)

Diogo Rafael (7)

Nicolia (8)

Aragonès (6)

Rampulla (6)

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome