Cabeçalho modalidadesO Hóquei em Patins é um desporto ao qual é várias vezes associada a palavra antiguidade. No entanto, os responsáveis da modalidade tentam, ano após ano, comprovar o contrário das mais variadas formas, mas serão algumas delas as mais corretas?

No início desta semana, numa das minhas sessões de fazer refresh ao Facebook, deparei-me com um post de uma página de hóquei em patins espanhola que acompanha, na sua maioria, equipas da Catalunha, onde anunciava que a RFEP (Real Federació Espanyola de Patinatge), em conjunto com a empresa StreamAMG, tinham criado a OK Liga.TV, um serviço online que irá permitir ver todos os jogos da OK Liga, na temporada que agora dá os seus primeiros passos. Bastou-me apenas ler o título da noticia para ficar entusiasmado, mas como em tudo na vida, é sempre melhor desconfiar de títulos tão bonitos e pesquisar mais sobre os assuntos a que os mesmos estão associados. Assim o fiz. Embora o texto estivesse escrito em catalão, não me impediu de perder grande parte do entusiasmo que tive quando li o título da notícia. A RFEP irá cobrar, a quem quiser aceder a este serviço, 9,95 € p/mês ou então 37,95 € p/ano por 240 jogos.

Ora, ao deparar-me com estes dois preços, o principal pensamento que me veio á mente foi: “mas este pessoal não conhece o mercado?”. O hóquei em patins é uma modalidade que, ao contrário de outras, o investimento em equipamento, mesmo que seja para um jogador de campo, ainda é algo elevado. Por esta mesma razão, muitos miúdos que poderiam até querer jogar não o podem fazer, limitando o número de praticantes. O que me faz lembrar algo do tempo dos nossos avós” só quem tinha dinheiro poderia fazer mais que a 4ª classe…”.

Todos os 240 jogos do próximo Campeonato Espanhol terão transmissão em direto na OKLiga.TV Fonte:RFEP
Todos os 240 jogos do próximo Campeonato Espanhol terão transmissão em direto na OKLiga.TV
Fonte:RFEP

Hoje em dia, só quem tem dinheiro pode jogar hóquei em patins, pelo menos é o que parece. Com tudo isto, o que pretendo dizer é o seguinte: o mercado em que a modalidade está inserida é um nicho e não me parece que existam tantos seguidores “hardcore” que paguem algum desses dois valores, não só pelo motivo de não terem esse dinheiro ou, então preferirem gastar essa mesma quantia noutro serviço do género. Por exemplo, a Bein Sports é um serviço presente em Espanha em que, em formato online, se gasta praticamente o mesmo valor (9,99 € p/mês) e oferece todo o futebol espanhol e europeu.

Assim sendo, por mais que eu e muitas outras pessoas gostem imenso de hóquei em patins, o futebol é sempre o rei do desporto e apesar da minha querida modalidade ser considerada o príncipe, quem manda é sempre o rei, por mais privilégios que o príncipe possa ter.

Anúncio Publicitário

Imagem de capa: RFEP

Comentários