Os playoffs para apuramento do campeão estão de regresso ao Hóquei em Patins. A primeira ronda dos quartos-finais dos quatro duelos foi disputada este fim de semana. No final, os jogos terminaram com três resultados esperados e uma surpresa.

FC Porto 8-1 Juventude De Viana

Os dragões, líderes da fase regular, cumpriram e aplicaram uma derrota aos vianenses, oitavos classificados, no Dragão Arena. Ao intervalo, os portistas já ganhavam por quatro golos e conseguiram gerir o jogo na segunda parte. Rafa e Gonçalo Alves estiveram em destaque com um bis na partida.

Anúncio Publicitário

Sporting CP 4-2 AD Valongo

Os leões acabaram por ter uma tarefa mais complicada do que os dragões. No entanto, a equipa da casa chegou a estar a vencer por 4-0, fruto também das boas intervenções de Ângelo Girão. A AD Valongo apenas conseguiu marcar nos últimos finais, mas apenas serviu de consolo. Destaque para Romero que bisou na partida.

OC Barcelos 7-4 SC Tomar

Os forasteiros começaram melhor e tiveram uma boa oportunidade de um livre direto, mas Conti fechou a baliza. A equipa terceira classificada da fase regular conseguiu colocar-se na frente ainda na primeira parte, apesar de o adversário estar melhor na partida.

Contudo, os tomarenses não deixaram de estar ativos no ataque e, desta vez, conseguiram concretizar, pondo-se mesmo à frente no marcador. Contudo, o OC Barcelos aumentou o ritmo e colocou o jogo empatado ao intervalo. A segunda parte foi também muito disputada, até ao cartão azul dado a Filipe Almeida do SC Tomar. A partir daí, o OC Barcelos não largou mais a vantagem no marcador.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por OC Barcelos (@oquei_barcelos)

SL Benfica 1–2 UD Oliveirense

A surpresa ocorreu no Pavilhão da Luz. A primeira parte foi toda dos visitantes, com o guarda-redes encarnado Pedro Henriques a evitar o avolumar do resultado. Ao intervalo, a UD Oliveirense vencia por duas bolas a zero.

A postura da equipa da casa alterou-se na segunda parte, mas os forasteiros não deixaram de estar compactos na defesa e organizados no ataque. O melhor que o SL Benfica conseguiu foi reduzir, nos minutos derradeiros da partida e agora vai a Oliveira de Azeméis obrigada a vencer para não ser afastado tão precocemente da luta pelo título.

Foto de Capa: UD Oliveirense

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome