cab hoquei

Um Porto ao mais alto nível, um Benfica que soube sofrer, um regresso feliz do Valongo e as confirmações do apuramento na Taça CERS. Assim foi mais uma jornada europeia.

Hélder Nunes teve um lance de magia no jogo http://imgs.sapo.pt/images/DESPORTO/hp2/hoquei/helder_nunes_fc_porto_hoquei_golo_533.jpg
Hélder Nunes teve um lance de magia no jogo
Fonte: Sapo

Comecemos pelo Porto e pela sua grande exibição. Frente ao Barcelona, para muitos a melhor equipa do mundo, o Porto mostrou porque é um dos principais favoritos à conquista da prova. Com uma entrada à campeão, Caio deu o mote para uma grande tarde dos azuis e brancos, ao marcar três golos nos primeiros 10 minutos. Na segunda parte, houve um toque de magia por parte do jovem Hélder Nunes. De penalty, atirou propositadamente para o lado, deixando o guarda-redes catalão desposicionado, e na recarga fez o 4-1. O Barcelona apertou, conseguiu ter dois lances directos mas só aproveitou um. Tó Neves mandou os seus jogadores apostarem na circulação de bola, no controlo do jogo face à pressão catalã, mas foram os campeões nacionais a marcar mais duas vezes. Hélder Nunes bisou e Pedro Moreira sentenciou a partida com o 6-2 final. Outro grande destaque foi o guarda-redes Edo Bosch, que fez um bom par de defesas que seguraram a vantagem portista. Apesar de a vitória não ser surpresa, os números da vitória são. Para se ter uma ideia, esta foi a derrota mais pesada que o Barcelona sofreu neste século. A última tinha sido em 1998, frente ao Igualada, por 8-1. Foi uma grande tarde para o Porto, que deu um grande passo na qualificação para a próxima fase.

Em França, o campeão europeu teve de saber sofrer. Os Benfica esteve a vencer por 5-2, com golos de João Rodrigues, Carlos López, Marc Coy (por duas vezes) e de Diogo Rafael, mas permitiu que o Quévert conseguisse reduzir para 5-4, nuns últimos minutos de grande luta, com Trabal a conseguir defender um livre directo dos franceses e com João Rodrigues a atirar ao poste . Ainda assim, o Benfica conseguiu vencer e segue na liderança com 6 pontos, os mesmos do Vendrell.

O Valongo tem tido sucesso no seu regresso à prova http://www.advalongo.pt/images/stories/seniores/ppereira/entPP03.jpg
O Valongo tem tido sucesso no seu regresso à prova
Fonte: advalongo.pt/

O Valongo continua vitorioso no seu regresso à Liga Europeia. Desta vez, a vitima foi Amatori. Com uma goleada por 4-1 em Itália, graças aos bis de João Souto e Hugo Azevedo, o conjunto de Paulo Pereira é líder isolado do seu grupo, tendo atrás o Liceo da Corunha, o próximo adversário, com 4 pontos. Prevê-se um grande jogo na próxima jornada, na qual o Valongo poderá dar um passo importante no que toca ao apuramento.

A única equipa portuguesa que perdeu foi a Oliveirense. Em casa, o conjunto de Oliveira de Azeméis não conseguiu derrotar o Réus, perdendo por 5-3, um resultado que demonstra a frieza e sorte que os espanhóis tiveram no seu jogo. A Oliveirense, puxada pelo seu fervoroso público, conseguiu reduzir de 4-1 para 4-3, mas nos instantes finais o Réus conseguiu matar o jogo. Um resultado que não apaga a boa imagem da Oliveirense na partida (como já tinha deixado naquela em que defrontou o Valdagno) mas que complica o apuramento. É importante uma vitória frente ao Iserlohn na próxima jornada.

Na Taça CERS, tivemos a confirmação da qualificação de HC Braga, Turquel e Óquei de Barcelos. O Braga, depois da goleada fora por 11-3, goleou os austríacos do Dornbirn por 4-1. O Turquel foi à Alemanha vencer o Darmstadt por 6-2, após o 15-1 em casa, e o Óquei de Barcelos goleou o Uri da Suiça por 10-1, depois dos 7-1 fora. O Candelária foi eliminado. Conseguiu vencer o Hockey Breganze por 5-4 mas foi insuficiente para apurar os açorianos, que tinham perdido por 6-2 em Itália.

Tivemos mais uma jornada bastante positiva para os portugueses, que demonstraram o seu valor na Europa.

Comentários