UM BRONZE E DOIS DIPLOMAS VIAJAM ATÉ PORTUGAL

O complexo de Sea Forest Waterway, em Tóquio, já tinha vislumbrado uma alegria de um canoísta português. Na categoria de K1 1.000 metros, Fernando Pimenta conquistou o bronze e uma das quatro medalhas da comitiva portuguesa nos Jogos Olímpicos de 2020. Contudo, ainda faltava conhecer o destino de mais atletas em prova na Canoagem.

Longe da melhor forma, Joana Vasconcelos foi precocemente afastada na prova de K1 500 metros. No entanto, Teresa Portela, depois de eliminada na distância que mais aprecia: os 200 metros, conseguiu um diploma olímpico em K1 500 metros. O sétimo lugar na final foi histórico e bem saboreado pela atleta natural de Esposende.

Para terminar com chave de ouro a participação de Portugal na Canoagem, faltava a categoria de K4 500 metros. A embarcação constituída por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela terminou a final num honroso 8.º lugar, com o tempo de 1:25.324.

Anúncio Publicitário

Já com o diploma garantido depois da passagem ao palco de todas as decisões, o quarteto fez história em águas japonesas. Tendo em conta os percalços que alguns atletas tiveram antes da competição, este resultado demonstra muita dedicação dos canoístas lusos.

A Missão Portugal, em Canoagem, fecha o ciclo de Tóquio com uma medalha de Bronze e dois diplomas olímpicos na mão. Segue-se o objetivo de Paris 2024, onde alguns atletas já não vão competir, mas outros esperam entrar e renovar as esperanças de mais medalhas e bons resultados para Portugal.

NOTA EXTRA: Projeto do COP em parceria com a Bridgestone – Emanuel Silva é um dos participantes no projeto “Sou Olímpico”. Trata-se de uma websérie que conta três histórias de quatro atletas olímpicos que representam os três valores olímpicos – Excelência, Respeito e Amizade; Além de Emanuel Silva, o projeto conta com Naide Gomes, Diogo Ganchinho e Diogo Abreu. São os quatro protagonistas e contam como a sua carreira teve – e tem – uma forte ligação com cada valor olímpico. A Bridgestone prepara-se como Parceiro Olímpico e Paralímpico para os próximos Jogos de Tóquio 2020 na sua cidade e país de origem.

Foto de Capa: Comité Olímpico de Portugal

Artigo revisto por Gonçalo Tristão Santos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome