Anúncio Publicitário

Durante longos anos, os Cleveland Browns foram a chacota da liga, a certo ponto combinando duas épocas para um registo incrivelmente mau de 1-31. A chegada de Baker Mayfield pareceu revitalizar um pouco a equipa, mas o segundo ano do quarterback foi, bem ao estilo dos Browns, uma desilusão.

Era preciso uma revolução e os donos do clube perceberam-no, contratando Andrew Barry para GM e Kevin Stefanski para treinador. A aposta surtiu efeito e o conjunto de Cleveland soma um registo de 10-4, assegurando um ano vitorioso, algo que não fazia desde 2007, e estando próximo de garantir a qualificação para os playoffs pela primeira vez em 18 anos.

Anúncio Publicitário

Ora, há muitos fatores que contribuem para esta mudança de sorte da equipa de Ohio. Sucessivas escolhas madrugadores no draft certamente ajudam e Myles Garrett e Baker Mayfield, primeiras escolhas do draft em 2017 e 2018, têm grande importância no jogo dos Browns, mas também houve boas mexidas no mercado, como as polémicas contratações de Odell Beckham e Kareem Hunt.

Mas, há mais que isso, especialmente porque os Browns não se limitam a ganhar, jogam futebol que dá gosto ver, em ambos os lados da bola. Afinal, não é por acaso que recente confronto com os Ravens é tido por muitos como o melhor jogo do ano, é porque os Browns entusiasmam e, com um parceiro certo, criaram uma partida brilhante.

Falando especialmente na parte ofensiva, é simples dizer que os Cleveland Browns apostam bastante no jogo pelo chão e, com Chubb e Hunt, estranho seria se não o fizessem. Contudo, tal é também bastante redutor. Mayfield tem tido uma boa época no passe e parece confirmar que é o QB certo para os Browns crescerem. E, acima de tudo, os Browns têm uma capacidade incrível de criar jogadas diferentes, é comum ver jogadores como Landry ou OBJ a trocarem as voltas aos adversários.

Os Cleveland Browns não são os mesmos. Pela primeira vez em muito, muito tempo, são candidatos. Há que culpar Stefanski.

Foto de Capa: Cleveland Browns

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome