NFL DRAFT SÃO 3 DIAS E 259 ESCOLHAS

Com o fim de mais um NFL Draft, foram várias as equipas que aproveitaram para reforçar setores específicos do seu “plantel”.

Com Trevor Lawrence, a equipa de Jacksonville conseguiu um quarterback talentoso e que pode revolucionar o franchise nos próximos anos. Mais ainda, as aquisições de Tyson Campbell e Andre Cisco nas rondas seguintes, acrescenta dois atletas com bastante potencial.

No caso dos Atlanta Falcons, a escolha de Kyle Pitts vai acrescentar ainda mais poder de fogo a Matt Ryan (importante numa altura em que se fala de uma possível troca de Julio Jones). Miami selecionou Jaylen Waddle (wide receiver) na primeira ronda, e Jevon Holland e Liam Eichenberg foram duas adições que podem ter um impacto imediato.

Olhando para os Baltimore Ravens, Odafe Oweh, edge rusher escolhido no fim da primeira ronda, pode ser uma adição de peso tendo em conta as suas habilidades físicas, bem como Ben Cleveland, guard de Georgia, escolhido na 3.ª ronda.

Anúncio Publicitário

Jeremiah Owusu-Koramoah era um atleta que tinha bastante interesse à entrada para o Draft e acabou por ser escolhido pelos Cleveland Browns, um dos locais ideais para confirmar o seu potencial. O mesmo aconteceu com Christian Barmore (New England Patriots), Kyle Trask (Tampa Bay Buccaneers) e Kellen Mond (Minnesota Vikings).

Falando da equipa que acolheu o Draft, os Browns apostaram em reforçar a sua defesa, e acertaram em grande parte das escolhas, com vários atletas de potencial que podem contribuir desde cedo (casos James Hudson ou Tommy Togiai.

Os Pittsburgh Steelers podiam, e deviam, ter melhorado e fortalecido a sua linha ofensiva, de forma a protegerem o seu quarterback, mas acabaram por optar por outros atletas e reforçar outros pontos – Najee Harris (running back) é um exemplo.

O conjunto de Seattle apenas dispôs de três escolhas, fruto da troca por Jamal Adams, e a última pode ter sido a melhor. Stone Forsythe, tackle de Florida, será importante para proteger Russell Wilson.

Em São Francisco, os 49ers começaram bem o Draft e escolheram Trey Lance, e importa destacar também Aaron Banks, guard que terá o importante papel de proteger Lance ou Jimmy Garoppolo.

Também é importante mencionar a “exibição” dos Dallas Cowboys, muito criticados na época transata pela sua incapacidade defensiva, e que reforçaram esse capítulo, escolhendo Micah Parsons, visto por muitos como o melhor jogador defensivo, Kelvin Joseph (cornerback) ou Jabril Cox (linebacker), por exemplo.

Foto de Capa: NFL

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome