cab NFL

A equipa com o melhor recorde da National Football Conference (NFC), os Carolina Panthers (15-1 na fase regular e 17-1 após os playoffs), vai defrontar a equipa com o melhor recorde da American Football Conference (AFC), os Denver Broncos (12-4 na fase regular e 14-4 após os playoffs), no Super Bowl 50. Apesar dos recordes, serão estas as duas melhores equipas da NFL?

Os Panthers foram sem sombra de dúvidas a melhor equipa não só da NFC mas de toda a NFL durante esta época, dominaram a concorrência e só não chegam ao Super Bowl invictos por causa de um pequeno percalço na semana 16 contra os Atlanta Falcons (13-20). Os Broncos podem não ter sido a melhor equipa da AFC, mas foram a mais constante, tendo beneficiado de algumas lesões em jogadores cruciais nos dois maiores rivais directos na conferência, Le’Veon Bell e Antonio Brown nos Pittsburgh Steelers e Dion Waiters, Julian Edelman e Dominique Easley nos New England Patriots. De qualquer forma, chegam ao jogo final por mérito próprio, às costas da melhor defesa da liga, que carregou a equipa o ano inteiro até à “terra prometida”.

Estatisticamente, vamos ter o melhor ataque (Panthers), contra a melhor defesa (Broncos), o que por si só já é um espectáculo digno de ser visto. O problema está no outro lado do campo, enquanto a defesa de Carolina é elite e uma das melhores da liga, o ataque de Denver deixa muito a desejar e desapontou durante a maior parte do ano. A forma como Peyton Manning vai reagir à pressão imposta pela defesa de Carolina pode ser o factor chave na resolução deste jogo.

Depois de o “xerife” ter sido relegado para o banco na semana 10, o quarterback suplente Brock Osweiler fez o suficiente até ao final da época regular para não atrapalhar a defesa de Denver e garantir o melhor recorde na AFC. Peyton retomou o seu posto na frente do ataque dos Broncos nos dois jogos nos playoffs e viu a defesa carregar a equipa para mais duas vitórias, sobre os Steelers (23-16) e os Patriots (20-18). Depois da “coça” que Manning e esta equipa dos Broncos sofreu no Super Bowl 48 às mãos dos Seattle Seahawks (43-8), os adeptos da equipa precisam de ser realistas e aceitar que essa situação se pode vir a repetir, desta vez às mãos de Cam Newton e dos Panthers.

Cam Newton e Peyton Manning serão duas das figuras deste Super Bowl 50 Fonte: NFL
Cam Newton e Peyton Manning serão duas das figuras deste Super Bowl 50
Fonte: NFL

O ataque de Denver apesar de ter sido bastante medíocre o ano inteiro conta com algumas das melhores armas da liga, os wide receivers Demaryius Thomas e Emmanuel Sanders continuam a ter a habilidade de decidir jogos, dava era jeito terem alguém confiável a passar-lhes as bolas. Defensivamente a equipa dos Broncos é impressionante, começa à frente com a pressão de Von Miller e DeMarcus Ware e acaba atrás com a marcação cerrada de Aqib Talib e Chris Harris Jr.

Carolina ofensivamente é liderada pelo provável e merecido MVP desta temporada, o QB Cam Newton, que registou o impressionante registo de 45 touchdowns (35 a lançar e 10 a correr) para apenas 10 interceptions. Newton foi absolutamente imparável, lançando para o sempre fidedigno tight end Greg Olsen e para um conjunto de WR’s de quem não se esperava muito ou mesmo nada. Este feito foi ainda mais impressionante, depois de Newton ter perdido o seu melhor WR, Kelvin Benjamin, por lesão antes da época começar. No lado defensivo da bola, Luke Kuechly, Thomas Davis, Josh Norman e Kawann Short aterrorizaram os ataques adversários.

Para os Broncos ganharem, é necessário que a defesa mantenha o nível elevadíssimo a que nos habituou durante o ano inteiro e que a offensive line consiga proteger Peyton Manning o tempo suficiente para ele se redimir das prestações a que nos habituou este ano. Para os Panthers ganharem, é fulcral colocarem pressão em Manning e que Cam e o ataque dos Panthers não se deixem impressionar pela grandeza do momento e mantenham a mesma qualidade exibicional.

Previsão:

Os Carolina Panthers são uma equipa muito mais equilibrada e com maior ou menor facilidade devem acabar por ganhar este jogo. Por muito impressionante que seja a defesa de Denver, não consigo confiar em Manning para acertar os passes certos nos momentos cruciais e o jogo vai acabar por desequilibrar a certa altura.

Carolina Panthers 27-19 Denver Broncos

MVP: Luke Kuechly, Linebacker (Panthers)

Foto de Capa: NFL

Comentários