Cabeçalho modalidades

O bicampeão nacional GD Direito partia com claro favoritismo na disputa da Supertaça Nacional, depois de uma época de sonho em que conquistaram todos os troféus nacionais disputados (e um ibérico). Mas os homens da Tapada mostraram-se consistentes e ansiosos por voltar a saborear um título e repetiram o feito de 2011, arrecadando o primeiro troféu em jogo na época que agora se inicia. Assim, enquanto que os Agrónomos se mostraram sempre mais esclarecidos, os Advogados nunca se encontraram a nível ofensivo e arrancaram a presente temporada com algo que não é muito habitual – a derrota num jogo decisivo para a conquista de um troféu.

Depois de uma (fácil) penalidade desperdiçada logo aos oito minutos de jogo por José Rodrigues, seria o próprio a dar o pontapé de saída no marcador com uma penalidade exemplarmente convertida aos vinte seis minutos. A equipa da Agronomia ia dominando nos alinhamentos, o Direito mostrava-se desastroso no jogo ao pé, numa exibição que ficava muito aquém do que seria de esperar. Em cima do intervalo um pontapé de Nuno Sousa Guedes restabelecia a igualdade no marcador.

Na segunda metade da partida os Advogados entravam melhor e, após mais uma penalidade falhada por José Rodrigues, Nuno Sousa Guedes marcaria mais duas e fixava o resultado num 9-3 injustamente favorável aos bicampeões. Essa vantagem durou pouco, uma vez que uma bela jogada entre Manuel Murteira e Phillipus Van Zyl permitiu ao número quinze Agrónomo voar para o primeiro ensaio do jogo. 10-9, a Agronomia voltava a estar na frente do marcador!

Os Agrónomos mostraram-se sempre mais esclarecidos Fonte:
Os Agrónomos mostraram-se sempre mais esclarecidos
Fonte: Miguel Rodrigues

Se todos esperavam uma reacção do Direito, a verdade é que a Agronomia, com uma táctica implacável, não se deixou iludir com a (parca) margem de vantagem e foi sempre à luta, pressionando alto a formação comandada por Frederico Aguiar e, mesmo em cima do final do encontro, após um ruck, o jovem número nove Gonçalo Prazeres selou o resultado com novo ensaio para os homens de Frederico Sousa, fixando o resultado final em 17-9. A Agronomia acabava de conquistar a quarta Supertaça do seu palmarés!

Anúncio Publicitário

Foto de capa: João Peleteiro