Cabeçalho modalidades

Depois de vencer as duas primeiras etapas – Setúbal e Lisboa – do Campeonato Nacional de 7s, o GD Direito rumou até Coimbra no topo da classificação e só o Belenenses (segundo classificado em ambas) poderia saquear o título aos Advogados.

Na primeira etapa, em casa do Vitória RC, a final foi facilmente vencida pelo GD Direito, com o resultado – 38-5 – a revelar esse mesmo desnível de jogo. No Restelo, e mesmo a jogar em casa, o Belenenses também não conseguiu contrariar o favoritismo dos Advogados, e deixou-se bater por 55-21, naquele que foi um jogo mais equilibrado face à final anterior. Na derradeira etapa em Coimbra, no estádio da Académica, o resultado poderia ter caído para qualquer uma das partes, mas a concentração dos Advogados marcou a diferença: 31-29, e o GD Direito sagrou-se campeão nacional na variante de sevens!

As novas gerações do GD Direito também têm lugar na equipa campeã nacional Fonte: GD Direito
As novas gerações do GD Direito também têm lugar na equipa campeã nacional
Fonte: GD Direito

Três etapas, três finais entre GD Direito e a formação do Restelo, em todas elas a sorte sorriu sempre à equipa de Monsanto, que junta mais um troféu à (longa) lista de títulos conquistada esta época. Em Monsanto trabalha-se bem… E os resultados estão à vista!

No que diz respeito à restante classificação, o SL Benfica terminou em último lugar da prova e foi despromovido à I Divisão de Sevens na próxima época. No sentido inverso, o RC Lousã sobe ao mais alto escalão do rugby de sevens português.

Anúncio Publicitário

Foto de capa: GD Direito

Comentários