O Torneio das Seis Nações do presente ano trouxe várias surpresas ao mundo do Rugby. A mais sonante delas é, a meu ver, Nick Tompkins. Aos 25 anos teve a sua primeira chamada internacional e já se tornou num jogador fundamental para o País de Gales.

Tompkins, que atua nas posições de segundo centro e três quartos ponta, começou a sua carreira a jogar a flanqueador. Mais tarde, no escalão de sub-16, mudou-se para as linhas atrasadas onde se mantém até hoje. Em 2012, foi contratado pelos Saracens FC, clube pelo qual já conquistou quatro campeonatos ingleses, uma Taça de Inglaterra e três Taças dos Campeões Europeus.

Natural de Sidcup (Inglaterra), Nick Tompkins representou o seu país natal no escalão de sub-20, tendo ganho o Campeonato do Mundo em 2014. Apesar da sua naturalidade, este optou por representar a seleção principal do País de Gales, país que viu nascer uma ascendente do jogador, mais concretamente, a sua avó.

Com a maior competição europeia de seleções à porta e com o lugar de segundo centro disponível graças à lesão do habitual titular Jonathan Davies, Wayne Pivac decidiu apostar em Tompkins e este não tem desiludido. Com quatro jogos realizados, o centro dos Sarries é o terceiro jogador com mais transportes de bola, totalizando 43 carries, e também se encontra na terceira posição no que toca aos metros percorridos, somando 296 metros com a bola nas mãos.

Tompkins atua nos Saracens, clube que vai descer de divisão por ter quebrado o teto salarial
Fonte: Saracens FC
Anúncio Publicitário

Tompkins é um jogador rápido, imprevisível (tem um sidestep muito bom) e muito agressivo no ataque à linha da vantagem. Nas primeiras quatro jornadas, fez sete line breaks, um ensaio e uma assistência. Defensivamente e taticamente tem-se revelado uma peça cada vez mais importante na manobra galesa.

É um facto que a campanha do País de Gales está a ser desastrosa, uma vez que, ainda com uma jornada por disputar (a competição está suspensa devido ao surto de Coronavírus), já está afastado da luta pelo título, mas este segundo centro será, certamente, um dos fortes candidatos à conquista do prémio de jogador da prova.

De acrescentar ainda que, ao que tudo indica, Nick Tompkins vai deixar os Saracens FC para se juntar aos Cardiff Blues já na próxima época.

Foto de Capa: Six Nations Rugby

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários