Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho modalidades

Concluiu-se este fim-de-semana o Scottish Open, torneio disputado na Emirates Arena, em Glasgow. Neil Robertson, o australiano de 35 anos, que já não vencia um torneio pontuável para ranking há 18 meses, foi o grande vencedor do torneio, conquistando uma reviravolta mágica na final disputada com Cao Yupeng, que assim se mantém sem vencer nenhum grande torneio em toda a sua carreira.

Na primeira ronda do torneio, como vem sendo hábito em todos os torneios, existiram diversas surpresas: Mark Allen, Shaun Murphy, Barry Hawkins e Mark Williams, todos eles jogadores de Top-10 mundial, acabaram por ser eliminados frente a Ben Woollaston (32º), Daniel Wells (63º), Jamie Jones  (48º) e Xu Si (40º), respectivamente.

Destaque ainda para a vitória de Cao Yupeng por 4-0 frente a Andrew Higginson, não pela grande surpresa do resultado, mas pelo facto de Cao Yupeng ter conseguido conquistar uma tacada máxima de 147, a primeira da sua carreira e a única deste torneio.

Cao Yupeng, o finalista vencido do torneio, conquistou o primeiro 147 da sua carreira Fonte: World Snooker
Cao Yupeng, o finalista vencido do torneio, conquistou o primeiro 147 da sua carreira
Fonte: World Snooker

O chinês Ding Junhui, que ainda ocupa a quarta posição do ranking mundial, mas que esta época tem sido um candidato crónico a ser eliminado nas primeiras rondas dos torneios, conseguiu vencer os dois primeiros encontros, mas viria a ser derrotado por 4-3 na terceira eliminatória, em confronto com Rory McLeod (56º).

Na quarta ronda, o elemento do Top-10 mundial a cair seria Marco Fu, que acabou eliminado por Xiao Guodong (34º), que assim atingiu os quartos-de-final da competição, onde acabou por cair aos pés daquele que viria a ser o vencedor do torneio. Neil Robertson venceu Xiao por 5-4.

Nesta ronda realizava-se um dos jogos que mais prometeu este torneio, frente a frente estavam John Higgins (quinto do ranking mundial) e Ronnie O’Sullivan (segundo), dois pesos pesados do snooker, mas apesar do entusiasmo existente antes do jogo, o mesmo acabou por se revelar de sentido único. Higgins destruiu Ronnie por esclarecedores 5-0.

Nos outros dois jogos, Cao Yupeng (67º) venceu Ricky Walden (23º) por 5-3 e Judd Trump (3º) derrotou Stephen Maguire (18º) por 5-2. Nas meias-finais, Cao Yupen deu seguimento ao bom torneio (e época) que estava a realizar e derrotou Trump por 6-4, enquanto John Higgins, depois do brilharete frente a O’Sullivan, acabou por cair aos pés de Neil Robertson, saindo derrotado por 6-3.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários