cab Surf

As câmaras não funcionavam, e a vontade de ver a estreia de “Saca” no Rio Pro era tanta que eu já estava a entrar em stress. Quer dizer, a competição estava ON, mas a webcam OFF. Grande azar para todos os portugueses que queriam acompanhar o “portuguese tiger” no heat inaugural do Billabong Rio Pro, no Brasil.

Na água encontravam-se, então, o nosso tuga, Adriano de Sousa, que é nada mais nada menos que um dos principais candidatos à vitória, e Sebastian Ziets. Tiago Pires começou a bateria bastante bem, ao conseguir excelentes manobras, resultando-lhe um 6.33 pontos em 10 possíveis. O surfista brasileiro, também conhecido como Mineirinho, respondeu de seguida com um 4.67, enquanto Sebastian Ziets não demonstrava qualquer perigo aos dois surfistas. Saca, perante as condições difíceis, fez outra onda que, desta vez, foi pontuada com um score baixo, 3.37, mas que foi suficiente para vencer o heat. Deste modo, Tiago Pires acabara em primeiro, com um total de 9.70 pontos, e logo de seguida tínhamos Adriano de Sousa, com um score ligeiramente mais baixo, 9.60 pontos. Sebastian Ziets esteve muito apagado nos 30 minutos de competição, acabando com um score de 6.40.

Tiago Pires a bater forte de backside. Fonte: asp.com
Tiago Pires a bater forte de backside.
Fonte: asp.com

As ondas estavam pequenas e não estavam ao nível dos melhores surfistas do mundo, mas, mesmo assim, muito foi o espetáculo dado por eles. Em ondas com pouco potencial como as que rebentaram no dia de hoje, destacam-se os “meninos dos aéreos” relativamente aos outros. E foi mesmo isso que aconteceu. Gabriel Medina, Taj Burrow, Joel Parkinson, Kolohe Andino, Josh Kerr, Jordy Smith, Filipe Toledo, Jadson André e John John Florence foram os surfistas que arrasaram e passaram automaticamente ao round 3. Tudo devido ao seu surf explosivo e aerodinâmico.

Ao contrário dos vencedores do round 1, também houve algumas surpresas negativas. Kelly Slater, Mick Fanning, Owen Wright e Adriano de Sousa foram os surfistas que menos se esperava que perdessem logo na primeira ronda. Ainda assim, estas derrotas precoces não são significativas, uma vez que ainda há as repescagens (round 2).

Anúncio Publicitário

Amanha preveem-se melhores ondas, e tudo indica que o campeonato começará logo ao início da manhã, com o round 2 dentro de água.