cab Surf

Depois de uma semana com muita chuva, o sol voltou a espreitar no fim-de-semana e foi o suficiente para o público encher a praia de Carcavelos para assistir às finais do Cascais Billabong Pro 2013. Jadson André é o nome do surfista brasileiro que ganhou a etapa portuguesa do WQS. Depois de um ano bastante complicado no WCT em que os resultados foram bastante fracos, o surfista de Ponta Negra conseguiu finalmente sair vitorioso numa etapa mundial. Numa final bastante disputada entre Jadson e Conner Coffin, o zuca foi o grande protagonista, acabando a sua beteria com um score total de 16.50 em 20 pontos possíveis, sendo que uma das notas foi um 10 (nota máxima) num belíssimo tubo para a esquerda. Deste modo, o vencedor ganhou  6500 pontos, pontos estes que lhe devem chegar para garantir mais um ano no World Championship Tour.

Jadson André a celebrar a sua vitória no Cascais Billabong Pro. http://www.surftotal.com/
Jadson André a celebrar a sua vitória no Cascais Billabong Pro
Fonte: Surftotal.com

Mas as novidades não ficam por aqui. Portugal anda nas bocas do mundo,desta vez não pelas provas mundiais em águas lusitanas, mas sim pelas ondas gigantes que têm rebentado no famoso canhão da Nazaré.                                                                                                      Dia 28 de Outubro entrou a primeira grande ondulação na costa portuguesa, com principal destaque para a praia da Nazaré, local onde foi batido o actual recorde mundial da maior onda surfada. O dono deste record é o americano Garrett Mcnamara, que fez história em Janeiro de 2013, ao ter apanhado uma onda com cerca de 30 metros.                                                                              A sessão de surf da passada segunda-feira ficou marcada por vários motivos. A surfista brasileira de ondas grandes, Maya Gabeira, foi de urgência para o hospital, depois de ter caído numa onda com uma altura entre os 20 e os 25 metros e de ter sido resgatada pelo seu colega Carlos Burle. Deste modo, foi nomeada para o wipeout do ano, no Billabong XXL Awards. Precisamente Carlos Burle foi o homem do dia, ao ter “dropado ” a maior onda; mas o que muita gente não sabe é que também o britânico Andrew Cotton dropou a onda do dia. Mas assim, em que ficamos? Burle ou Cotton? A resposta a esta competição só se vai saber em Maio, na gala da Billabong XXL Awards.

Carlos Burle Surf
Carlos Burle
Fonte: redbull.com

Para acabar esta rubrica, fica a estranha decisão tomada pelo recordista Garret Mcnamara. Quando todos pensavam que o surfista americano era o homem mais destemido para enfrentar as ondas da Nazaré, eis que ele preferiu ficar a dar apoio na mota de água, recusando assim as monstruosas ondas portuguesas por uma questão de segurança.

Comentários

Artigo anteriorDesculpem-se com a crise
Próximo artigoPatins, Stick e acção
O Jóni é um jovem surfista que começou a praticar surf há 5 anos e, desde então, nunca mais parou. Mesmo quando as ondas estão pequenas, a "pica" é tanta que acaba sempre por entrar só para colocar a "prancha no pé".                                                                                                                                                 O Jóni não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.