spot_imgspot_img

    Australian Open 2023 | 5 momentos da primeira semana

    modalidades cabeçalho

    Após a conclusão da primeira semana do Australian Open, é seguro afirmar que ninguém estava à espera das surpresas que ocorreram. O primeiro Grand Slam está a ultrapassar todas as expectativas.

    Rafael Nadal lesionou-se no primeiro jogo e acabou por ser derrotado logo no início da competição. Nick Kyrgios nem chegou a entrar na quadra para jogar. Alexander Zverev, Cameron Norrie, Casper Ruud, Daniil Medvedev e Taylor Fritz foram eliminados na primeira semana. Andy Murray foi eliminado, mas saiu com muita honra.

    Está a ser um torneio com várias surpresas e desilusões, por isso, é importante referir alguns momentos marcantes na primeira semana da prova masculina.

    A GRANDE PROVA DE ANDY MURRAY

    Com 35 anos e uma prótese metálica na anca, Andy Murray deixou os adeptos sem palavras durante a sua passagem no Australian Open 2023, apesar de ter sido eliminado nos 16-avos de finais da prova.

    O tenista britânico jogou três partidas ao longo da competição e somou, no total, 14 horas e quatro minutos. Apesar de ter sido uma passagem curta, foi marcante. Andy Murray jogou mais tempo em três jogos no Australian Open 2023 do que Rafael Nadal na conquista do Roland-Garros 2017 (12 horas e quatro minutos).

    No jogo frente ao Thanasi Kokkinakis, um dos jogadores da casa, o cinco vezes finalista da competição (2010, 2011, 2013, 2015 e 2016) começou a ter uma desvantagem de dois sets, mas acabou por dar a volta e venceu a partida. O encontro entre Murray e Kokkinakis durou 5 horas e 50 minutos, o segundo jogo mais longo de sempre da competição, apenas atrás da final de 2012, entre Rafael Nadal e Novak Djokovic.

    A grande passagem de Andy Murray terminou pelas mãos de Roberto Agut-Bautista, o carrasco de João Sousa.

    O AZAR DA RAFAEL NADAL

    O percurso de Rafael Nadal acabou de uma forma inesperada. O vencedor da prova em 2022 lesionou-se a meio do jogo da primeira ronda e acabou por ser eliminado sem vencer qualquer set. O nome do carrasco pode ser desconhecido para muitos, mas há muitos adeptos que conhecem a qualidade de Mackenzie McDonald, apesar de já ter sido eliminado da competição. Uma vitória de sonho para McDonald frente a um dos melhores de sempre, mas com sabor amargo para o americano.

    Rafael Nadal não conseguirá, desta forma, reconquistar o título que lhe trouxe o 22.º Grand Slam da carreira, antes de ter vencido o 23.º em Paris. Novak Djokovic vai igualar o número de Grand Slams de Rafael Nadal, se vencer o Australian Open 2023.

    OITAVOS-DE-FINAL NO SEGUNDO GRAND SLAM DA CARREIRA PARA BEN SHELTON

    Ben Shelton está a viver uma semana de sonho. No ano passado, o tenista americano jogou o seu primeiro Grand Slam da carreira no US Open, onde acabou por ser eliminado na primeira ronda da prova pelo português Nuno Borges.

    Desta vez, no segundo Grand Slam da carreira, Ben Shelton chegou aos oitavos-de-final da competição, e pode chegar aos quartos-de-final da prova, se derrotar o compatriota Jeffrey John Wolf.

    Há um facto interessante: a viagem de avião para a Austrália é a primeira da vida do tenista de 20 que faz para fora dos Estados Unidos. Tendo em conta que Ben Shelton ocupa atualmente o 86.º lugar no ranking ATP, é muito interessante.

    O QUE SE PASSOU COM OS TENISTAS QUE PARTICIPARAM NO DOCUMENTÁRIO DA NETFLIX?

    Casper Ruud, Félix Auger-Aliassime, Matteo Berrettini, Nick Kyrgios, Taylor Fritz e Thanasi Kokkinakis foram os tenistas masculinos que participaram no Break Point, o documentário da Netflix sobre a modalidade, e nenhum deles passou para a segunda semana do primeiro Grand Slam do ano.

    Nick Kyrgios nem chegou a participar na competição devido a uma lesão, os restantes foram derrotados nos primeiros jogos da prova. Félix Auger-Aliassime foi o último sobrevivente, sendo que foi eliminado nos oitavos-de-final da competição por Jiri Lehecka. Uma verdadeira “maldição”.

    AS ELIMINAÇÕES MAIS SURPREENDENTES

    O que se passou com Alexander Zverev, Casper Ruud e Daniil Medvedev? Os três tenistas são algumas das principais caras da nova geração de jogadores e foram eliminados logo na primeira semana da competição.

    Alexander Zverev foi eliminado na segunda ronda por Michael Mmoh, o atual 106.º classificado do ranking ATP. Casper Ruud, finalista de dois Grand Slams em 2022, também foi eliminado na segunda ronda, mas foi contra Jenson Brooksby, o atual 39.º classificado do ranking ATP. Por sua vez, Daniil Medvedev foi eliminado na terceira ronda, por Sebastian Korda.

    Destaco ainda a derrota de Dominic Thiem na primeira ronda. Com esta derrota, o tenista austriaco, vencedor do US Open 2021, vai sair do top 100 do ranking ATP.

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Filipe Torres
    Filipe Torreshttp://www.bolanarede.pt
    O Filipe saiu da Ilha de São Miguel, nos Açores, para tirar a Licenciatura de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social. Desde criança que é adepto de Futebol, tendo já sido árbitro. Para além do "desporto-rei", o Filipe também é apaixonado por Basquetebol e não falha no acompanhamento de Wrestling.
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede