cab ténis

Foi apresentada na tarde de Quinta-Feira a nova edição do Millenium Estoril Open, agora promovida pela U.COM, a Benno Van Veggel e a Polaris Sports, do empresário Jorge Mendes. A passagem para o Clube Ténis do Estoril e as sessões nocturnas foram as maiores novidades da conferência de imprensa de apresentação, que não revelou grandes detalhes.

Os novos promotores do Estoril Open têm-se fechado em copas e nem ontem abriram demasiado o jogo. O torneio, que pela primeira vez se irá jogar no Estoril, foi descrito pelo presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, como “o regresso do filho que esteve emigrado desde a nascença”, revelando ainda que fez questão de receber João Lagos para trocar algumas impressões antes da apresentação deste novo evento.

Isto porque o novo director do torneio, João Zilhão, foi vice-director do Estoril Open promovido pela Lagos Sport até ao ano de 2012. Na apresentação, onde o Bola na Rede esteve presente, estiveram ainda, para além do presidente da autarquia e do director do torneio, o Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, Emídio Guerreiro, um representante do Millenium BCP, David Massey, um vice-presidente do circuito mundial e ainda o ex-presidente do Sporting, Filipe Soares Franco, que é presidente do Clube Ténis do Estoril.

O CT Estoril irá assim receber o Millenium Estoril Open para “enorme satisfação do clube”, dizendo ainda Soares-Franco que “mais importante do que as vedetas é o facto de o torneio ter avançado”. João Sousa, que passou também a ser patrocinado pelo Millenium, num “pacote” composto pela Polaris, que agencia também o tenista, é para já o único nome confirmado, sendo que até 13 de Março serão conhecidos outros nomes, onde se devem incluir tenistas de renome bem como jovens que estão a despontar no circuito mundial, segundo disse João Zilhão.

A maior novidade é a existência de sessões nocturnas, na Quarta, Quinta e Sexta-Feira, com jogos a partir das 19h, num court central que será mais pequeno, com pouco mais de 3500 lugares e onde as primeiras filas estarão disponíveis para o público em geral, tendo em conta que os camarotes serão deslocados. Um dos maiores problemas é o estacionamento, mas a autarquia de Cascais está já a trabalhar na criação de lugares que darão depois acesso ao local do evento através de “shuttles”.

João Zilhão não quis revelar o orçamento total do evento, nem se será mais dispendioso ou não do que a versão anterior do Estoril/Portugal Open, adiantando apenas que terá um prize-money de 430 mil euros.

Para breve será agendada mais uma conferência de imprensa por parte da organização, onde se espera que sejam conhecidos mais detalhes acerca do evento que irá decorrer entre 25 de Abril e 3 de Maio no Clube Ténis do Estoril.

O novo Millenium Estoril Open está lançado, embora ninguém soubesse responder se era ou não a continuação do anterior.

Fotografia de Miguel Dias

Comentários

Artigo anteriorMuito mais do que um jogo
Próximo artigoÉ disto que são feitos os campeões
O Miguel jogou ténis durante mais de dez anos, sendo actual vice-presidente do clube ténis da sua terra natal, Almeirim. Para além disso, acompanha a modalidade desde 2008, tendo feito já a cobertura do Portugal Open, entre outros, e tendo sido já comentador convidado da Eurosport para a modalidade.                                                                                                                                                 O Miguel não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.