Cabeçalho modalidadesO primeiro dia em que se jogou o quadro principal do Millenium Estoril Open trouxe para o court principal dois portugueses, Pedro Sousa e Frederico Silva, e ainda a jovem promessa croata Borna Coric. Se este último não sentiu a mínima dificuldade em avançar para a próxima ronda, o mesmo não se pode dizer dos dois jogadores da casa, que ficaram pelo caminho na jornada inaugural do quadro principal no torneio português.

Frederico Silva e Pedro Sousa: pouca réplica perante adversários bem superiores

Nicolas Almagro controlou sempre o encontro frente a Frederico Silva Fonte: Facebook Millenium Estoril Open
Nicolas Almagro controlou sempre o encontro frente a Frederico Silva
Fonte: Facebook Millenium Estoril Open

Foi com o embate entre Pedro Sousa e o argentino Leonardo Mayer que se abriram as hostilidades no court principal do complexo do Estoril. O português, actual 368.º classificado do ranking ATP, só conseguiu dar um ar de sua graça no segundo set (6-4), já que na primeira partida (6-1) Leonardo Mayer cedo começou a complicar a vida ao português, com uma excelente variedade de jogo de fundo do court. Ficaram bem evidentes, embora também já esperadas, as enormes diferenças de qualidade entre os dois jogadores.

Também não se adivinharia fácil a tarefa de Frederico Silva frente ao espanhol Nicolas Almagro. Afinal, falamos de um jogador muito batido, especialista no pó de tijolo e que até já andou pelo top10 do ranking do circuito. Apesar de o espanhol muitas vezes exagerar na tentativa rápida de winners, bastou-lhe elevar ligeiramente o nível de jogo para alcançar os breaks que lhe permitiram alcançar uma vitória tranquila por duplo 6-3 frente ao português. Na quarta-feira, será a vez de João Sousa ter pela frente a potente direita de Almagro, naquilo que se prevê uma tarefa complicada para o jogador luso.

Comentários