Lisboa recebeu a segunda etapa do Circuito Sénior FPT. A capital recebeu não só os melhores tenistas portugueses da atualidade, como também as jovens promessas do ténis nacional.

Os tenistas voltaram a ser divididos em quatro grupos. Destaque para João Sousa, Frederico Silva, Luís Faria e Duarte Vale que passaram os respetivos grupos ao contrário de Nuno Borges, que venceu a primeira etapa do circuito, Gastão Elias e Tiago Cação, que chegaram às meias-finais no circuito passado e João Monteiro.

Nas meias-finais, João Sousa e Frederico Silva confirmaram o seu favoritismo nas respetivas partidas. O número um português venceu Luís Faria por 2-0. O mesmo resultado repetiu-se no encontro entre Frederico Silva e Duarte Vale, com a vitória a sorrir ao quarto melhor tenista luso do ranking ATP.

Frederico Silva chegou à final sem ceder qualquer set
Fonte: Federação Portuguesa de Ténis

O court central do Lisboa Racket Centre acolheu a final. Frederico Silva iniciou melhor a partida, uma vez que no primeiro set conquistou duas quebras de serviço seguidas no jogo de serviço de João Sousa. O vimaranense ainda reduziu a desvantagem, mas não conseguiu evitar o triunfo de Frederico Silva no primeiro set.

O tenista natural de Guimarães teve longe do seu melhor na grande final
Fonte: Federação Portuguesa de Ténis
Anúncio Publicitário

João Sousa demonstrou, por diversas vezes, sinais de descontentamento pelos vários erros que cometeu e que se revelaram decisivos para o rumo que a partida tomou. No segundo set, Frederico Silva manteve o controlo das operações e com um break garantiu uma vantagem de dois jogos que lhe permitiram levar para casa o troféu.

O torneio organizado pela Federação Portuguesa de Ténis viaja agora até à Figueira da Foz onde os tenistas portugueses lutarão, novamente, por conquistar o título.

Resultado Final: Frederico Silva 2-0 João Sousa (6-3/ 6-4)

Foto de Capa: Federação Portuguesa de Ténis

Artigo revisto por Joana Mendes

Comentários